Esportes

Estádio Almeidão tem outra rodada dupla hoje

Na preliminar, CSP e Paraíba jogam às 16 horas, enquanto na partida de fundo, às 19 horas, o Santa Cruz enfrenta o Esporte de Patos



Sem outro estádio liberado na Grande João Pessoa, o Almeidão vive na tarde deste sábado mais uma rodada dupla. Na preliminar, CSP e Paraíba jogam às 16 horas, enquanto na partida de fundo, às 19 horas, o Santa Cruz enfrenta o Esporte de Patos.

O primeiro jogo é o mais esperado. As duas equipes venceram na rodada passada e chegam motivadas com a possibilidade de manter-se na zona de classificação para a segunda fase. O Tigre goleou o Auto Esporte por 3 a 0, enquanto o Paraíba venceu o clássico cajazeirense contra o Atlético por 1 a 0.

No CSP, Tazinho não tem motivos para mudar a equipe. O treinador ficou satisfeito com o rendimento contra o Auto e agora espera que o time mantenha a regularidade. "Temos um grupo jovem, então é normal oscilações na competição. Mas vamos buscar mais uma vitória e assim dar mais tranquilidade para os próximos jogos", disse.

No Paraíba, Pedrinho Albuquerque também deve manter o time que enfrentou o Atlético. Depois de quatro jogos sem marcar gols (incluindo os três amistosos da pré-temporada e a estreia no Paraibano), o Tricolor finalmente desencantou. A esperança agora é dar sequência à boa fase na primeira partida que fará longe de Cajazeiras.

JOGO DA NOITE
Diferente do primeiro jogo, a partida principal da rodada dupla do Almeidão reserva um encontro de duas equipes pressionadas. Santa Cruz e Esporte de Patos ainda não venceram no Campeonato Paraibano e vão tentar fazer isso justamente hoje, em duelo reservado para as 19 horas.
No Santa, as coisas parecem que vão se acertando. Depois de ficar ameaçado de não disputar a competição por problemas com o Profut, o clube conseguiu inscrever 18 jogadores para iniciar a competição.

Já o Esporte vive um mau início. O time jogou duas partidas em casa e o máximo que conseguiu foi um empate com o Sousa. Na última rodada, o Terror do Sertão perdeu por 2 a 0 para o Campinense.
O técnico Marcos Nascimento culpou a irregularidade da equipe aos desfalques, já que alguns jogadores só foram regularizados para a terceira rodada, como o atacante Eduardo Rato.