Esportes

Nosman deve assumir a presidência da FPF

A renúncia de Amadeu Rodrigues é dada como certa nos meios futebolísticos.



 A Federação Paraibana de Futebol (FPF) deve ter um novo presidente a partir de amanhã. A renúncia de Amadeu Rodrigues é dada como certa, principalmente depois do rompimento com a ex-presidente Rosilene Gomes e da acachapante derrota na tentativa de mudar o Estatuto da entidade.

Mesmo sem falar publicamente, Amadeu já teria confidenciado a alguns amigos e funcionários da entidade o desejo de deixar a entidade. Até a carta-renúncia já estaria pronta, na qual ele evita tecer críticas a Rosilene Gomes e prefere adotar os tradicionais motivos, alegando "problemas de ordem pessoal e para dedicar mais tempo às suas empresas".
 
O vice-presidente, Nosman Barreiro, até já fala como presidente. Depois de admitir que foi um dos que conversaram com Amadeu, e que este lhe deixou claro a sua intenção de renunciar nesta sexta-feira.
"Amadeu falou comigo e revelou a sua intenção de renunciar na sexta-feira. Ele alega problemas pessoais e também com a sua empresa, já que a Federação está tomando muito do seu tempo. Ele falou isso para mim e também para outras pessoas", disse o vice-presidente, que também já deixou claro que pretende assumir a entidade, caso a saída do presidente se confirme.
 
A vontade de Amadeu em mudar o Estatuto da FPF acabou gerando um outro ponto crucial para a possível renúncia: o rompimento com a ex-presidente Rosilene Gomes. Principal cabo eleitoral na eleição em que acabou derrotando o candidato Coriolano Coutinho, irmão do governador Ricardo Coutinho, em dezembro de 2014, Rosilene se achava escanteada na administração de Amadeu. 
"A mudança do Estatuto tiraria muito da força dos clubes amadores e das ligas. Então Rosilene foi contra e conseguiu mobilizar um grande número de entidades para a assembleia. Isso criou até um problema familiar, já que a irmã de Amadeu é casada com um dos filhos de Rosilene", lembrou Nosman.
 
O vice-presidente também admitiu que a sua relação com Amadeu Rodrigues ficou estremecida após a tentativa de mudar o Estatuto, já que também não concordava com todos os pontos propostos. Ainda assim, faz questão de dizer que existe um grande respeito pelo presidente e que eles continuam trabalhando juntos até aqui.
 
"Não concordei com aquilo que Amadeu queria fazer. Ele poderia ter me chamado para discutir alguns pontos, já que na carta-proposta que elaboramos para a FPF, havia sim a vontade de modernizar o Estatuto. Mas não mexendo com os clubes amadores ou com as ligas. Não houve discussão. Disse a ele que não concordava, mas isso não nos impediu de continuarmos juntos. Tanto que seguimos nos falando e discutindo o que é melhor para o futebol paraibano", continuou.
 
Ironicamente, a FPF caminha para ter o seu quarto presidente em dois anos. Depois de uma dinastia que durou 25 anos com Rosilene Gomes, a entidade foi comandada por uma Junta Administrativa (formada por Ariano Wanderley, João Máximo Malheiros e Eduardo Faustino Diniz) após o afastamento da dirigente, por decisão judicial. Em seguida, após a eleição de dezembro de 2014, Amadeu Rodrigues assumiu a entidade.
 
Agora, Nosman Barreiro deve ser o próximo. E ele avisa que vai assumir, caso tenha a oportunidade.
"Se isso acontecer (a renúncia), vou assumir a responsabilidade. E espero dar prosseguimento ao trabalho que nos propusemos a fazer. Até porque sou do meio, e isso vai ajudar", encerrou Nosman, ex-presidente do Cruzeiro de Itaporanga, admitindo que esta é uma possibilidade real.
 
Botafogo se classifica e faz história na Copa SP
O Botafogo segurou o empate por 1 a 1 com o Bragantino, ontem à noite, em Limeira, e pela primeira vez conseguiu a classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Juniores. O resultado confirmou o Belo na segunda colocação do Grupo 11, atrás somente do líder Corinthians.
Mais uma vez o destaque da partida foi o meia Giannotti, autor do gol botafoguense aos 27 minutos do segundo tempo. Apesar do empate dos paulistas, o Belo soube controlar a ansiedade até o fim da partida.

O Botafogo faz uma grande campanha até aqui na Copinha. Depois de estrear com uma convincente goleada de 3 a 0 sobre a Inter de Limeira, o time da casa, os comandados de Ramiro Souza fizeram um bom jogo contra o Corinthians, apesar da derrota por 2 a 0. 

Marcelo Vilar incentiva disputa interna no Treze
 Esquenta a briga por vagas em algumas posições no time titular do Treze. Nos treinos que tem comandado durante a pré-temporada, o técnico Marcelo Vilar ainda não sinalizou qual a formação ideal para o primeiro amistoso da fase preparatória, sábado, contra o América-RN.
No gol, a disputa é entre Márcio Greyck e Rafael Dida. Greyck tem levado a melhor, já que vem aparecendo na formação titular nos últimos treinos. A outra briga pela vaga é na lateral esquerda. Altemar começou a atividade desta quarta-feira no time de cima, mas depois cedeu o posto para Luciano Amaral. 
 
Marcelo Vilar utilizou a seguinte formação: Márcio Greyck (Rafael Dida), Glaubinho, Mario Larramendi, Evérton Moura e Altemar (Luciano Amaral); Elizeu, Elanardo, André Lima e Júnior Xuxa; Thiago Furlan e Lúcio Curió.
 
Campinense contrata atacante do Itabaiana
 A diretoria do Campinense anunciou ontem a contratação de mais um atleta para a disputa do Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Trata-se do atacante Patrick, de 21 anos, que na última temporada estava defendendo o Itabaiana, na disputa do Campeonato Sergipano.
O jogador chegou ao Estádio Renatão no começo da tarde e fez atividades físicas leves antes de se juntar ao restante do elenco. Patrick deve estar à disposição do treinador Francisco Diá já para o jogo treino do próximo sábado, contra uma equipe amadora formada por atletas do distrito de Galante, zona rural de Campina Grande, que vai acontecer no centro de treinamentos do Alto da Bela Vista.
A partida acontece às 15h30, mesmo horário de Treze x América-RN, no PV.