Esportes

Palmeiras e Santos jogam a finalíssima da Copa do Brasil no novo Palestra

Confronto reúne os dois maiores campeões de competições nacionais, com 20 taças.



Divulgação/Santos
Divulgação/Santos
Como venceu o primeiro jogo, o Santos comemora o título com um empate

Palmeiras e Santos iniciam a briga para erguer a primeira taça no novo Palestra Itália às 21h desta quarta-feira, com ingressos esgotados. Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0 na Vila Belmiro, o time praiano depende de um empate para comemorar na casa do adversário.

O estádio, fechado para obras de 2010 a 2014, foi reinaugurado em novembro do ano passado. Usada na primeira final do Campeonato Paulista 2015, a moderna arena receberá uma decisão pela primeira vez. Não há peso diferenciado para gols marcados fora de casa e triunfo palestrino leva aos pênaltis.

O confronto reúne os dois maiores campeões do Brasil. Embalado pela Academia de Futebol, com Ademir da Guia como protagonista, o time alviverde detém 11 títulos nacionais. Já os alvinegros, graças a Pelé, contabilizam nove conquistas do gênero, assim como o Corinthians.

O Palmeiras foi campeão da Taça Brasil (1960 e 1967), do Roberto Gomes Pedrosa (1967 e 1969) e do Campeonato Brasileiro (1972, 1973, 1993 e 1994). Para completar, ainda venceu a Copa do Brasil (1998 e 2012) e a Copa dos Campeões (2000).

A uma rodada do final do Brasileiro, Palmeiras e Santos não têm mais chances matemáticas de alcançar o G4, situação que aumenta a cobiça pelo título da Copa do Brasil, única chance de conseguir a classificação para a Libertadores 2016.