Esportes

Seleção vence o Peru com tranquilidade e sobe para 3º nas Eliminatórias

Partida terminou 3 a 0 para o Brasil. O nome do jogo foi o meia Douglas Costa, que fez um gol e participou dos outros dois.



Rafael Ribeiro/CBF
Rafael Ribeiro/CBF
Renato Augusto comemora o segundo gol, seu primeiro pela Seleção

A Seleção não decepcionou os 45.000 torcedores que foram ao estádio Fonte Nova, ontem à noite, e derrotou o Peru por 3 a 0, em jogo válido pela quarta rodada das Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018. Diante de mais uma fraca atuação de Neymar, o meia Douglas Costa assumiu o protagonismo no time canarinho e participou de todos os gols marcados pelo Brasil.

A vitória traz tranquilidade ao técnico Dunga no comando da equipe nacional e leva a Seleção para o terceiro lugar na tabela de classificação. O time tem sete pontos e está a cinco de distância do líder Equador, invicto até o momento.

Após fracassar no empate por 1 a 1 com a Argentina, em Buenos Aires, com um esquema tático mais rígido, Dunga colocou em campo uma formação que priorizava a velocidade e liberdade dos atletas. Assim como no Corinthians, o volante Elias mostrou entrosamento com o meia Renato Augusto e foi visto apoiando o ataque em certas ocasiões.

O apoio pelas laterais também ficou mais evidente, com Willian infernizando os peruanos. Alisson, escalado mais uma vez como goleiro titular, teve atuação segura e defendeu chutes perigosos quando foi exigido.

Mas quem roubou a cena no jogo foi Douglas Costa. O meia do Bayern de Munique brilhou diante da fraca atuação de Neymar e anotou o primeiro gol do Brasil aos 21 minutos do primeiro tempo, após bela jogada de Willian pela direita. O camisa 7 voltou a decidir em favor da Seleção ao gingar para cima de quatro defensores do Peru, aos 12 do segundo tempo, e deixar Renato Augusto livre para estufar as redes. Já aos 31, Filipe Luís aproveitou rebote do goleiro em chute de Douglas Costa para anotar o terceiro.

Com a situação mais tranquila na tabela, a Seleção só voltará a campo pelas Eliminatórias no dia 24 de março de 2016. O confronto, contra o Uruguai, será disputado no Brasil, mas ainda não tem local definido. Já o Peru, que ocupa a penúltima colocação, com três pontos, tentará se reabilitar diante da Venezuela, dentro de casa.

O JOGO


Foi por meio da habilidade individual de Willian que a Seleção alcançou o primeiro gol. O jogador do Chelsea vinha encontrando liberdade pelo lado direito do campo e, aos 21 minutos, cruzou para Douglas Costa concluir dentro da pequena área.

O Brasil, muito superior tecnicamente ao adversário, voltaria a assumir o controle pleno da partida com o segundo gol. Aos 12 minutos do 2º tempo, o inspirado Douglas Costa passou como quis por um bloco defensivo dos peruanos e deixou Renato Augusto em condições de tocar na saída de Penny.
Depois de um gol bem anulado de Neymar, o Brasil chegaria ao terceiro novamente com Douglas Costa participando do lance. Ele chutou forte e, no rebote de Penny, Filipe Luís mandou para as redes, aos 31 minutos da segunda etapa, decretando o placar final.

Argentina vence e se reabilita: 1 a 0

A Argentina finalmente conseguiu vencer nas Eliminatórias. Com um gol de Biglia, o time de Tata Martino passou pela Colômbia em Barranquilla.

Equador mantém sina de vitórias

O Equador segue com 100% de aproveitamento. O Tricolor venceu a quarta seguida - 3 a 1 na Venezuela, em Puerto Ordaz, casa do adversário.

Em casa, Uruguai despacha o Chile

O Uruguai assumiu a vice-liderança isolada ao vencer o Chile por 3 a 0, em Montevidéu. Godín, Álvaro Pereira e Cáceres fizeram os gols

Paraguai sofre, mas bate Bolívia

O Paraguai confirmou o favoritismo e fez 2 a 1 na Bolívia, de virada. Duk abriu o placar para os bolivianos, mas Lezcano e Barrios garantiram a vitória em Assunção.