Esportes

Ministro confirma oito cidades da Paraíba na rota da tocha

Existe ainda a possibilidade de outras cidades serem inseridas na rota da comitiva olímpica, chegando a pelo menos treze municípios paraibanos.



A Paraíba não vai ficar de fora da festa pelas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Ontem, o ministro do Esporte, George Hilton, esteve em João Pessoa e confirmou a presença da tocha olímpica em oito cidades paraibanas no mês de junho. Ele esteve reunido com o governador Ricardo Coutinho e com prefeitos dessas cidades para definir a logística do revezamento.

A tocha olímpica chega à Paraíba no dia 2 de junho, passando por Pedras de Fogo, Itabaiana e Campina Grande. No dia seguinte, ela segue para João Pessoa, passando ainda por Guarabira, Mamanguape, Sapé e Santa Rita.

Existe ainda a possibilidade de outras cidades serem inseridas na rota da comitiva olímpica, chegando a pelo menos treze municípios paraibanos. No entanto, a tocha vai pernoitar apenas em Campina Grande e em João Pessoa.

"São mais de 500 cidades brasileiras que vão participar do revezamento da tocha. Isso prova que o país está unido em torno desse grande evento, que são as Olimpíadas", disse George Hilton.

O ministro voltou a falar em legado e disse que a realização dos Jogos não vai beneficiar apenas o Rio de Janeiro.

"As Olimpíadas vão beneficiar todo o país. São investimentos feitos em vários estados para receber as delegações olímpicas e isso já pode ser visto. De forma que todos possam contar com um grande legado", continuou.

REFORMA POLÍTICA

George Hilton também negou qualquer possibilidade de o Ministério do Esporte ser extinto na reforma proposta pela presidenta Dilma Rousseff. E citou justamente as Olimpíadas como ponto de apoio para um investimento cada vez maior na pasta.

"Estamos a menos de um ano das Olimpíadas e não tem razão para o Ministério do Esporte acabar. Pelo contrário, ele é importante para a organização desse evento para o país", encerrou o ministro do Esporte.