Esportes

Mais de 140 atletas representam a Paraíba nos JEJs 2017, em Brasília

Atletas paraibanos vão competir nas 14 modalidades da etapa nacional da competição.



Wander Roberto/COB
Wander Roberto/COB
Etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventudes reunirá quase quatro mil estudantes em Brasília, entre 16 e 25 de novembro

Mais de 140 atletas vão representar a Paraíba nos Jogos Escolares da Juventude 2017, que acontece em Brasília, Distrito Federal, entre 16 e 25 de novembro. Os paraibanos vão competir nas 14 modalidades da competição com quase quatro mil estudantes de 1357 escolas públicas e particulares de todos os estados do país.

Os 147 atletas paraibanos, com idade entre 15 e 17 anos, vão competir nas modalidades de natação, atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez. Além dos estudantes brasileiros, a edição nacional dos Jogos Escolares contará com a participação de seis atletas do Japão, convidados pelo Cômite Olímpico Brasileiro (COB).

De acordo com a comissão organizadora da competição, o principal objetivo é a inserção social dos jovens através do esporte, mas também, os Jogos se consolidam como o mais importante evento de detecção de talentos para o esporte nacional. "Na delegação brasileira dos últimos Jogos Sul-americanos da Juventude, disputados em outubro deste ano, 53 atletas eram provenientes da competição escolar. O Brasil conquistou 152 medalhas na competição e muitos destes atletas estarão em Brasília", afirma.

Embaixadores no evento

Nomes como Sarah Menezes, Mayra Aguiar, Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, também deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Até uma medalhista em Jogos Paralímpicos – Bruna Alexandre, também do tênis de mesa – já passou pela competição escolar.

O exemplo positivo destes atletas que chegaram no auge também inspirará os novos talentos do esporte. O COB selecionou um time de craques para atuar como embaixadores no evento: Caio Bonfim e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo), Fabiana Silva (badminton), Kelly Santos (basquete), Henrique Avancini (ciclismo), Lenísio Teixeira (futsal), Francielly Pereira (ginástica rítmica), Silvia Helena (handebol), Erika Miranda (judô), Laís Nunes (lutas), Joanna Maranhão (natação), Hugo Hoyama (tênis de mesa), Fofão (vôlei) e Emanuel Rêgo (vôlei de praia).

Eventos paralelos

Além das competições, os jovens atletas terão à disposição em Brasília uma série de eventos paralelos. O programa sócio-educativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos Valores Olímpicos.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio e do Governo de Brasília.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.