Esportes

Freitas deixa o Campinense e diz que no futebol é preciso renovar

Freitas diz que decisão foi tomada em comum acordo, mas de acordo com Dorgival Pereira, supervisor do clube, o técnico foi demitido.




Da Redação

A saída do técnico Freitas Nascimento do comando do Campinense Clube foi confirmada pela assessoria de imprensa na manhã desta sexta-feira (6). Procurado pelo Paraíba 1, o ex-técnico do time rubro-negro disse que a decisão foi tomada em comum acordo e que este era o momento de renovar. Para ele, no futebol existe uma hora em que é preciso fazer mudanças.

Freitas descartou a possibilidade de sua saída ter sido motivada por pressão da torcida, insatisfeita com os últimos resultados do time no Campeonato Paraibano e na Copa do Brasil. No Paraibano, o Campinense foi eliminado nas semifinais pelo rival Treze, e na Copa do Brasil a Raposa foi eliminada ainda na primeira fazer pelo Misto (RS).

Dorgival Pereira, supervisor do clube, confirmou a TV Cabo Branco que o técnico foi demitido. A assessoria de imprensa do Campinense afirmou que uma das motivações foi a queda de rendimento do time com relação a 2008. Os resultados de 2009 não estariam sendo tão satisfatórios quanto os do ano passado, quando, sob o comando de Freitas, o Campinense foi campeão paraibano e conseguiu conquistar uma vaga para a série B do Campeonato Brasileiro.

Novo técnico

O Globo Esporte adiantou que o novo técnico será Ferdinando Teixeira, mas a assessoria do Campinense informou que a diretoria esteve reunida durante a manhã e que ainda na tarde de hoje o nome do novo técnico será anunciado.