Esportes

Campinense se garante na final do Paraibano após se recuperar sobre o Serrano

Rubro-negro aguarda o resultado do confronto entre Botafogo e Treze para conhecer adversário.




O Campinense se recuperou da derrota sofrida na partida de ida e Müller Fernandes voltou a marcar, neste domingo (25) depois de exatos dois meses sem conseguir fazer gols. Diante do mesmo Serrano contra quem marcou seu último gol com a camisa do Campinense, ainda na quarta rodada do Paraibano, o atacante foi às redes novamente e ajudou a classificar o Rubro-Negro à final do estadual.

No primeiro tempo, o Campinense começou avassalador e logo aos 10 minutos do primeiro tempo abriu o placar no Amigão. Marcinho fez boa jogada, abriu a bola para Alex Murici, na direita, e o lateral-direito levantou a bola na área. Müller errou o chute e a bola sobrou para Marcinho que botou para dentro das redes. Depois do gol, a Raposa recuou e deu espaço para o Serrano, que aproveitou. O Lobo da Serra fez uma verdadeira blitz na defesa do Campinense e levou perigo ao gol defendido por Jeferson, entre os 30 e os 38 minutos da primeira etapa. Mas não foi o suficiente.

A segunda etapa foi praticamente um repeteco da primeira. A Raposa buscava o segundo gol, que lhe daria mais tranquilidade no jogo, enquanto o Serrano se fechava na defesa e esperava o erro do time de Ruy Scarpino. Mas aos 11 minutos, Tarcísio chutou, Rhuan defendeu e Müller fez o gol, aproveitando o rebote. O gol, contudo, fez, mais uma vez, com que o Campinense desse mais espaço ao Serrano, que conseguiu ameaçar a Raposa durante um curto período, pressionando o time rubro-negro contra o seu campo de defesa. Novamente, não foi o suficiente e o Campinense saiu de campo com a vitória e a vaga na semifinal.

Müller Fernandes começou o Campeonato Paraibano com tudo. Nas primeiras quatro rodadas foram três gols marcados. Mas desde a quarta rodada, diante do Serrano, no dia 25 de janeiro, o atacante da Raposa não marcava gols. O jejum que completava dois meses hoje foi encerrado após o rebote do chute de Tarcísio, que foi defendido por Rhuan e Müller mandou para o fundo das redes.

Leia mais no Globoesporte.com/pb


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.