Economia e Negócios

Paraíba registra menor índice de inadimplência da população adulta em julho no país

Mais de 32% da população tem contas atrasadas, abaixo da média nacional de 40,3%.




A Paraíba registrou o menor índice do país de inadimplência da população adulta no mês de julho. Segundo dados divulgados nesta terça-feira (21), 32,4% da população adulta está com contas atrasadas, bem abaixo da média nacional de 40,3%. O ranking segue com o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No outro extremo três estados têm mais da metade da população nesta situação, com Roraima registrando o quadro mais grave, com 57,5%.

Os dados são do Serasa Experian, que monitora o quadro desde 2016. Comparando com julho de 2017, o índice nacional cresceu 1,99%, mas se a referência for o mês de junho, houve queda de 0,32%.O montante alcançado pelas dívidas em julho deste ano foi de R$ 272,5 bilhões, com média de quatro dívidas por CPF, totalizando R$ 4.426 por pessoa.

A pesquisa do Serasa também indica que a faixa etária mais inadimplente é entre 36 e 40 anos, mas o maior crescimento (2,6%) foi registrado na população acima de 61 anos desde o início da pesquisa. As dívidas com bancos e cartões de crédito representaram 28,5% dos casos de inadimplência. Mas onde houve mais crescimento (2%) foi o chamado ‘utilities’, que engloba contas de água, energia e gás: 19,4% da população está com estas contas em atraso.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.