Economia e Negócios

Dívidas de campinenses no SPC têm redução de R$ 3 milhões em março

No primeiro trimestre, 1.913 consumidores honraram com suas dívidas em Campina Grande, revela CDL.




O consumidor campinense procurou mais honrar com as dívidas no primeiro trimestre de 2019. É o que mostra o levantamento divulgado nesta terça-feira (2) pelo Sistema de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL Campina Grande. Em março, os consumidores pagaram R$ 3 milhões de dívidas na cidade.

De acordo com o balanço, os consumidores estão sanando seus débitos mais do que no ano anterior. Para a direção da CDL,  alguns dos fatores para que isso aconteça são os sinais de crescimento da economia e a melhora na geração de empregos formais.

De janeiro a março desse ano, 1.913 pessoas honraram com suas dívidas, o número é 17% maior do que o registrado, no mesmo período do ano anterior, quando 1.632 pessoas limparam o nome junto ao cadastro de devedores. O mês com a maior porcentagem de pagamentos de dividas foi fevereiro com um aumento de 38%, seguido por março (15%) e janeiro (5%).

Recuperação

Segundo o SPC Brasil, a dívida ativa dos consumidores campinenses superava os R$ 30 milhões, até o último mês de fevereiro. Com a atualização divulgada esta semana, esse valor diminuiu para mais de R$ 27 milhões (R$ 3.112.351,00), deixando os lojistas ainda mais otimistas quanto aos valores que voltam a circular no comercio.

O valor médio que cada campinense devia até o mês de fevereiro era de R$ 1.462,52 com o progresso no número de adimplentes o valor baixou para R$ 1.302,14. Já o tempo médio que as pessoas levam para quitar suas dívidas continua o mesmo, de até seis meses.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.