Economia e Negócios

Custo de vida em João Pessoa aumenta no mês de junho

Pessoense gastou mais para comprar itens de alimentação, produtos pessoais e artigos para residência. 



Kleide Teixeira
Kleide Teixeira
Mais caro: alimentação pesou mais no bolso do pessoense durante o mês de junho.

O custo de vida do pessoense ficou mais caro durante o mês de junho: de acordo com pesquisa do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou aumento de 0,57% em relação a maio.

Os grupos alimentação, artigos de residência e serviços pessoais apresentaram os maiores acréscimos nos preços médios: 1,66%, 2,05% 1,30%,respectivamente. Além disso, aumentaram também os grupos o grupo habitação (0,62%) e saúde e cuidados Pessoais (0,29%). Apenas vestuário (-4,09%) e transporte e comunicação (-0,24%) apresentaram queda nos preços.

Levando em conta os reajustes individuais, os produtos pesquisados pelo Ideme que ficaram mais caros foram short para criança (29,90%), cebola (27,24%), cebolinha (23,43%), utensílios de louça (22,02%), bolsa de mulher (21,84%), discos (20,84%), sapato de mulher (18,16%), passagem aérea (17,46%), abacaxi (16,51%), batata inglesa (16,27%) e peixe congelado (14,70%). 

Durante o ano de 2015, o pessoense já teve que desembolsar 5,57% a mais para manter o padrão de vida; no acumulado de doze meses,  o acumulado do IPC registra uma taxa de 8,61%.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.