Economia e Negócios

Custo da construção civil na Paraíba tem alta de 1,06% no ano

Percentual é considerado a segunda menor variação do país.




engenharia, arquitetura e construção crescimento imobiliário (Foto: Francisco França/Arquivo)

Percentual paraibano só foi maior, apenas, que o do estado do Tocantins (Foto: Francisco França/Arquivo)

Conforme dados do Sistema Nacional de Pesquisa e Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), divulgado nesta quinta-feira (7), o custo da construção civil da Paraíba registrou a segunda menor variação no ano do país, no último mês de outubro. A variação equivale a uma alta de 1,06% no valor de obras de construção no estado, e de todo o Brasil, o percentual paraibano foi maior, apenas, que o do estado do Tocantins, que registrou alta de 0,9%.

Ainda de acordo com a pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o metro quadrado na Paraíba custava, em média, R$ 1.096,55, e foi considerado o segundo mais caro do Brasil, em relação aos demais estados do Nordeste, com exceção do Maranhão, onde a estimativa era que o metro quadrado custava R$ 1.107.

Em setembro, os gastos com os materiais por metro quadrado chegaram a R$ 620,49, enquanto em outubro, um mês depois, os consumidores pagaram R$ 623,76, representando cerca de 56,8% do total. A mão de obra variou de R$ 475,49 para R$ 472,79 entre um mês e o outro, e abarcou aproximadamente 43,1% do valor total.

O custo médio variou 0,05% em relação a setembro, e nos últimos 12 meses, houve uma alta de 1,99% em outubro. No Brasil, a média do valor da construção por metro quadrado sofreu uma variação de 0,9%, equivalente a R$ 1.155,01, e em relação a parcela dos materiais, houve uma variação de 0,25%. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.