Cultura

Stan Lee, da Marvel Comics, morre aos 95 anos

Quadrinista participou da criação de heróis, como Homem-Aranha, Thor, Hulk e os X-Men.




Stan Lee

Morreu aos 95 anos o roteirista e editor da Marvel Comics Stan Lee. A morte foi divulgada pelo portal TMZ e confirmada pela filha J.C. Lee. O site afirma que Lee foi levado de ambulância de sua casa na manhã desta segunda-feira (12). Ele morreu no hospital, mas as causas ainda não foram oficializadas.

“Meu pai amou todos os seus fãs, ele foi o maior, o homem mais decente”, disse J.C. ao site.

Stanley Martin Lieber nasceu em 28 de dezembro de 1922 em Nova York. Mais conhecido pelo apelido Stan Lee, o roteirista e empresário é um dos mais notáveis criadores de histórias em quadrinhos do mercado, sendo corresponsável por grandes super-heróis e vilões da Marvel Comics, como o Homem-Aranha, X-Men, Quarteto Fantástico, Os Vingadores, Incrível Hulk, Demolidor e O Poderoso Thor

Lee foi editor-chefe da Marvel e constantemente fazia aparições nos filmes do estúdio. Ele foi um dos responsáveis pela começo da popularidade da Marvel, em 1961, a partir do lançamento da revista do “Quarteto Fantástico”.

A Marvel publicou uma nota de pesar mandando condolências para o irmão e filha de Stan Lee. “Hoje, fazemos uma pausa e refletimos com tristeza a passagem de Stan Lee”. Na publicação, a empresa comenta sobre a trajetória e traz um reflexão que o roteirista disse em entrevista. “Eu costumava ficar constrangido porque eu era apenas um quadrinista enquanto outras pessoas construíam pontes ou começavam uma carreira médica. E então eu entendi: entretenimento é uma das coisas mais importante na vida das pessoas. Sem isso, eles podem ir para o fundo do poço. Eu acredito que, se você tem talento para o entretenimento, você está fazendo algo bom”, disse Lee.

O quadrinista paraibano Mike Deodato se pronunciou sobre o morte de Lee em suas redes sociais. Na publicação, ele escreveu “Descanse em paz”.

View this post on Instagram

Stan, the man. R.I.P.

A post shared by Mike Deodato (@mikedeodato) on

Chris Evans, ator que fez o Capitão América, disse que nunca vai haver outro Stan Lee. “Por décadas, ele forneceu a jovens e velhos com aventura, fuga, conforto, confiança, inspiração, força, amizade e alegria. Ele exaltou amor e bondade e vai deixar uma marca inigualável em tantas vidas”.

O ator Josh Brolin, responsável por dar vida à Thanos, em Vingadores Guerra Infinita, disse que Lee foi responsável por melhorar a vida de todos. “Para aqueles de nós que foram tão profundamente afetados pela humanidade de sua imaginação, a compreensão de ir além de nosso potencial e a necessidade de explorar nossas imaginações imensuráveis, nós lhe agradecemos”.

O ator Ryan Reynolds, responsável por viver Dead Pool nos cinemas, publicou “Obrigado por tudo, Stan”.

View this post on Instagram

Thanks for everything, Stan.

A post shared by Ryan Reynolds (@vancityreynolds) on

O ator Robert Downey Jr, o Iron Man dos cinemas, publicou em suas redes sociais a respeito.

A principal concorrente da Marvel, a DC Comics, se pronunciou sobre a morte do roteirista. “Ele mudou o modo como nós encaramos os heróis e os quadrinhos modernos sempre carregarão sua marca. Seu entusiasmo contagiante nos lembra por que todos nós nos apaixonamos com essas histórias em primeiro lugar. Excelsior, Stan.”

A plataforma de streaming Netflix também lamentou a morte de Stan Lee.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.