Cultura

Prefeitura de JP anuncia edital de cinema de R$ 3 mi

João Pessoa ocupa 7º lugar no ranking das cidades que mais investem em cinema no Brasil.




A prefeitura de João Pessoa lança nesta sexta-feira (19) um novo  edital para a produção de cinema e vídeo no valor recorde de R$ 3,3 milhões; A segunda edição do Prêmio Walfredo Rodriguez de Produção Audiovisual será anunciada formalmente às 09h no Paço Municipal, no Centro da Capital.

O montante é três vezes maior que o valor do primeiro edital do premio, lançado em 2012 com R$ 1 milhão em caixa, distribuído para 13 projetos de audiovisual, e colocar a capital da Paraíba em 7º lugar no ranking das cidades que mais investem em cinema no Brasil, se posicionando à frente de capitais como Natal (RN), Goiânia (GO) e Rio Branco (AC).

“Ele é o produto final de um trabalho bem elaborado, que levou em conta análises técnicas e de mérito extensivas e, que por fim, foi submetido a uma concorrência com vários municípios”, enumera o diretor-executivo da Fundação, Maurício Burity.

De acordo com informações divulgadas pela prefeitura, os recursos de R$ 3,375 milhões partem do Fundo Setorial de Audiovisual (FSA), alocados pela Agência Nacional de Cinema (Ancine), e do Fundo Municipal de Cultura (FMC), administrado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O valor total aportado pelo programa Brasil de Todas as Telas, somando todos os editais lançados pela Ancine até agora, é de R$ 35 milhões, com previsão total de investimentos na modalidade suplementação de recursos de R$ 94 milhões.

Coletiva

O anuncio do novo edital Walfredo Rodrigues, que será feito através e entrevista coletiva, contará com a presença do diretor da Ancine, Roberto Gonçalves de Lima, representantes da Funjope e de profissionais ligados ao audiovisual. O edital irá privilegiar a produção de curtas, médias e longas-
metragens locais.

Durante o anuncio também será apresentada a política de fomento à indústria cinematográfica e audiovisual desenvolvida pela Ancine, em consonância com os governos municipais, em atendimento aos diversos segmentos da cadeia produtiva, mediante a utilização de diferentes instrumentos financeiros, tais como investimentos, financiamentos e operações de apoio.

Os 13 projetos contemplados pelo primeiro edital Walfredo Rodriguez contemplou projetos de longas, médias e curtas com repasses que variavam de R$ 20 mil a R$ 440 mil. Muitos deles ainda estão em execução.

“Os investimentos em cinema que João Pessoa recebe este ano não encontram paralelo na sua história recente, projetando-se até em relação às destinações estaduais no Brasil”, comenta Maurício Burity.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.