Cultura

Pabllo Vittar lança clipe de 'Indestrutível' nesta terça-feira

Produção é ambientada em uma memória dolorosa de adolescência.




Pabllo Vittar

Cena do clipe ‘Indestrutível’ da cantora Pabllo Vittar

A cantora Pabllo Vittar lançou nesta terça-feira (10), o clipe da música Indestrutível. Este é o sexto e último videoclipe do álbum “Vai Passar Mal” (2017). O clipe é ambientado em uma memória dolorosa de adolescência cercada pela homofobia, ódio, discriminação e intolerância. A primeira cena é mesclada com a informação, em fundo preto, que diz: “73% dos jovens LGBTs sofrem bullying nas escolas”.

Ponto central do clipe, a dor causada pelo preconceito foi a conexão principal para ligar tudo o que Pabllo viveu à história de todas as pessoas que se identificam com esses primeiros resquícios de agressão, que geralmente acontecem na escola, na adolescência.

Com direção de cena e produção de Bruno Ilogti, responsável por clipes como “Sua Cara” (Major Lazer Feat Anitta e Pabllo Vittar) e “Double Dutchess”, de Fergie, o clipe, todo em P&B, traz a narrativa ao pé do ouvido, de forma mais próxima e íntima, em planos fechados, ascendendo à superação conforme Pabllo se transforma em uma diva em cima do palco.

Live no Facebook

Para o lançamento, Pabllo fez uma live em sua página no Facebook, direto do escritório da rede social, em São Paulo. A transmissão começou às 17h15 foi apresentado o clipe, bastidores da produção e teve um discussão sobre a juventude LGBT, com a temática do preconceito e do bullying nas escolas.

A live contou com a participação das cantoras Mulher Pepita; Aretuza Lovi; o influencer Federico Devito; o jornalista Phelipe Cruz, editor-chefe do portal Papel Pop; a jornalista Alexandra Gurgel, do Canal Alexandrismos; além de Iran Giusti, fundador do centro de acolhimento LGBT, Casa 1.

Na ocasião, a Pabllo contou sobre sua infância em que vivenciou descriminação por sua orientação sexual. “Essas agressões não deixam apenas feridas no corpo, deixam feridas na alma”, afirmou a drag queen durante a live. Os convidados dividiram as experiências e exaltaram a importância de falar sobre bullying.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.