Cultura

O rito do amadurecimento

Drama adolescente ‘As Vantagens de Ser Invisível’ será exibido neste sábado (16) dentro da programação da mostra Noite de Estreia.




Hoje será exibido dentro da programação do Noite de Estreia, no Box Cinépolis (Manaíra Shopping), em João Pessoa, às 17h, o ‘teen’ As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower, EUA , 2012). O filme terá outras exibições nos dias 20 (às 21h) e 24 (às 15h).

O mote do filme é o rito de amadurecimento dos adolescentes. Charlie (Logan Lerman, o Percy Jackson do cinema), um garoto de 15 anos com tendências suicidas passa por um duro momento na sua vida: sua entrada no colegial em Pittsburgh.

Recuperando-se de uma depressão, ele planeja sua investida de socialização mesmo sendo um ‘perdedor’ (‘loser’ como chamam).

Assim, Charlie conhece os meio-irmãos veteranos Patrick (o ótimo Ezra Miller, de Precisamos Falar sobre o Kevin) e Sam (Emma Watson, a Hermione de Harry Potter), que o aceita no seu ‘clubinho’ à parte dos populares.

Narrado em um tom confessional, o longa é a segunda investida do escritor Stephen Chbosky no cinema, que adapta seu próprio livro.

Apesar de não ser revelado, seu universo remete e transita entre os anos 1980 e 90, com o uso de mixtapes, máquinas de escrever e a trilha sonora, que vai desde The Smiths, passando por David Bowie, até o Dexys Midnight Runners.

O grande problema do filme não está na atuação. Logan Lerman sustenta o personagem, Ezra Miller está bem à vontade com o seu e a única ressalva é Emma Watson, que ainda não provou ser uma atriz de verdade, se consolidando como a ‘eterna’ Hermione. As Vantagens de Ser Invisível é carregado por uma avalanche de clichês do gênero escolar.

Todo o cenário dos populares idiotas e dos ‘losers’ vítimas povoa o filme, com direito a garota insegura que sempre escolhe os caras errados e por quem Charlie se apaixona.

Sem muitas surpresas de originalidade, com uma estrutura que segue a cartilha de produções semelhantes, a maior vantagem do filme é alguém se simpatizar por ele.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.