Cultura

Nova novela das 23h vai contar a vida da filha de Tiradentes

‘Liberdade, Liberdade’ contará a vida fictícia de Joaquina e mostrará os conflitos do Brasil Colônia.



João Cotta / TV Globo
 João Cotta / TV Globo
Mel Maia e Dalton Vigh estrelam 'Liberdade, Liberdade'

A nova novela das 23h acompanha a história fictícia de Joaquina, filha de Tiradentes. Após a morte dos pais, a menina é levada para Portugal, onde se transforma em uma linda e geniosa mulher. Com a vinda da família real para o Brasil, é hora de Joaquina também retornar ao seu país e saber mais sobre sua história e origens. Após a morte de Tiradentes e de Antônia, Joaquina é resgatada por Raposo (Dalton Vigh). Ao ver a pequena testemunhar a morte do próprio pai, ele se compadece de seu sofrimento e assume sua criação. Juntos, eles embarcam para Portugal. Lá, a menina passa a se chamar Rosa, para despistar os que ainda perseguiam os inconfidentes e desprezavam seus descendentes.

Em terras lusitanas, Raposo a cria como filha e vê a menina se tornar sua imagem e semelhança: forte, decidida, imponente. Apenas com uma diferença: ela é sonhadora como o pai. Pode até se chamar Rosa, mas a alma é de Joaquina, mesmo sangue de Joaquim José da Silva Xavier.

Apesar de um dia ter apoiado a luta dos inconfidentes, Raposo deve tudo que tem à coroa portuguesa. Tornou-se um importante fidalgo pelas riquezas que adquiriu ao longo dos anos junto à família real. Anos depois, quando os nobres vêm para terras brasileiras, ele se sente na obrigação de voltar ao país. A chegada de Raposo ao Rio de Janeiro, acompanhado filho André (Caio Blat) chama a atenção de todos. Após a estadia na cidade, eles seguem para Vila Rica, em Minas, ao encontro de Dionísia (Maitê Proença), irmã de Raposo. Na cidade, Rosa relembrará o sofrimento passado na infância.

Rosa ou Joaquina desperta os sentimentos de muitos homens tanto pela ousadia, bravura como pela beleza. É no Brasil que ela se confronta com sua história ao descobrir mais sobre o pai biológico e a luta dos inconfidentes. Além disso, grandes paixões estão reservadas para a jovem, que descobrirá as consequências das escolhas.

Cenário especial retrata a história

Em ‘Liberdade, Liberdade’ será possível voltar ao Brasil do século XVIII, capitania de Minas Gerais, Vila Rica. A história começa no período da Inconfidência Mineira, de Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes) e se desenvolve na época em que a família real portuguesa vem para a colônia, nas Américas. Mas não se engane. Esta não é mais uma história sobre Tiradentes, figura que marcou a história do país. Esta é uma história ficcional sobre Joaquina (Mel Maia/Andreia Horta), a filha de Tiradentes (Tiago Lacerda) e Antônia (Leticia Sabatella).

Depois das primeiras leituras de texto e preparação do elenco, no Projac, cerca de 90 pessoas viajaram para Diamantina, Minas Gerais, onde deram início às gravações da novela. Os registros acontecem em meio às belezas naturais, nos entornos da cidade de Diamantina, como a Gruta do Salitre, a Estrada Real e o Cânion do Funil, pontos turísticos da região. Thiago Lacerda, Dalton Vigh, Mel Maia, Zezé Polessa, Marco Ricca e Nikolas Antunes gravam cenas da primeira fase da trama, sob o comando do diretor artístico Vinicius Coimbra e dos diretores André Câmara e Pedro Brenelli.

A equipe de figurino, liderada por Paula Carneiro, levou oito araras e quatro caixas grandes com roupas e acessórios como luvas, chapéus e botas. Já a equipe de caracterização, comandada por Lucila Robirosa, transportou cinco cases repletos de itens para ajudar a “conduzir” o elenco e figuração para o século XVIII. Tudo para levar o público ao Brasil Colônia.‘

Além do cenário especial e caracterização, boa parte do elenco participou ainda de aulas de esgrima e equitação, além de leituras com a direção e workshops. Tudo para entrar no clima do Brasil do século XVIII.

Andreia Horta, Mateus Solano, Bruno Ferrari, Ricardo Pereira e Bukassa Kabengele têm se dedicada a aulas de esgrima. Mateus Solano, junto com Nikolas Antunes, também andam praticando equitação.
‘Liiberdade, Liberdade’ é uma novela de Mario Teixeira baseada em argumento de Marcia Prates. A direção artística é de Vinicius Coimbra. A estreia é prevista para abril de 2016.