Cultura


Cover da Legião Urbana canta em JP nos 21 anos sem Renato Russo

Banda, com 17 anos de carreira, tem grande preocupação com figurino, timbro da música e atuação da banda.




"Quando a gente sobe ao palco é sempre uma realização", revela Miro Penna, vocalista da Legião Urbana Cover. A banda criada em Curitiba se apresenta pela primeira vez em João Pessoa nesta quarta-feira (11), coincidentemente, data em que se completa 21 anos da morte de Renato Russo. O show acontece a partir das 21h, no Esporte Clube Cabo Branco.

“A gente tá muito contente de poder chegar em João Pesssoas. Esperamos ser bem recebidos pelos legionários daí e vamos usar de toda nossa competência para realizar uma apresentação inesquecível”, afirma Miro sobre a expectativa pela apresentação.

De acordo com o cantor, a banda se emociona tanto quanto ao público ao longo dos 17 anos de história, respeitando toda a obra criada por Renato Russo e companhia. “A gente tem uma preocupação com figurino, com o timbre das músicas e com a atuação da banda”, revela.

A Legião Urbana Cover começou de maneira despretenciosa, focando no rock nacional em geral, com o objetivo de não deixar a banda original cair no esquecimento. Iniciaram tocando em bares até que alguns amigos sugeriram que a banda fizesse algo mais caricato, por conta do timbre da voz e aparência parecida. Em 2000, numa festa em Curitiba para 25 mil pessoas, a banda se assumiu como Legião Urbana Cover.

Mesmo com a dificuldade de conhecer os integrantes da banda original, Miro disse já ter encontrado com Dado Villa-Lobos, durante o lançamento do livro Memórias de Um Legionário. "A gente conversou um pouco e ele autografou meu livro", lembra.

Além disso, Miro revela que o filho de Renato Russo, Giuliano Manfredini, quis tirar foto com ele por Miro ser muito parecido com o pai. Na ocasião, a família de Renato esteve em Curitiba para uma festa comemorando 30 anos de Legião Urbana, organizado pelo primeiro guitarrista da banda, Edu Paraná. Foi aí que a família autorizou que a banda de Miro utilizasse o nome Legião Urbana Cover.