Cultura


Hackers invadem canal de Pabllo Vittar e colocam foto de Bolsonaro

Insvasores ainda publicaram vídeos com conteúdo ofensivo.




O canal da drag queen Pabllo Vittar no YouTube foi invadido na madrugada desta segunda-feira (28). Os hackers excluíram o videoclipe da música 'K.O.' - que contava com mais de 100 milhões de visualizações - e incluíram uma foto do deputado Jair Bolsonaro no lugar da imagem do perfil.

Além da exclusão de 'K.O.', os invasores incluíram três outros vídeos no canal. Dois deles, 'Meu Caterpie' e 'O Cancro (feat. Inês & Bolsonaro)' já contavam com mais de 65 mil visualizações antes de serem excluídos.

O terceiro vídeo, 'Mansão Loli (Feat Alok & Ivete Sangalo)', mostrava imagens do videoclipe 'Open Bar', de Vittar, mas teve o áudio alterado por estrofes ofensivas como "Pergunta pra ela que ela responde sem caô: / Prefere um de 12 aninhos / Ou um pedofag com ficha de abusador". 

O vídeoclipe da música 'K.O' voltou a conta da Drag Queen. Após a ação dos invasores, a cantora publicou uma mensagem em sua conta no Twitter: "Me aceita!". Apesar de não fazer menção à ação dos hackers, ela incluiu no post o clipe de "K.O.".

 

Atualizada às 18h30