Cultura


Exposição 'AfroChilenos' abre neste sábado na Estação Cabo Branco

Fotógrafos se uniram para mostrar ao mundo os negros aficamos no Chile.




José Esteban Rafael
José Esteban Rafael
A exposição está dividida em quatro séries fotográficas: Retratos, O Ritmo da Alma, Série Marta Corvacho e Enterro

Fotografar a participação dos negros africanos na cultura chilena. Esse é o ideal temático que uniu Alberto Banal (italiano radicado em João Pessoa), Christian Jamett e José Esteban Rafael. O encontro das ideias dos fotógrafos resultou na exposição “Afrochilenos” que será aberta neste sábado (19), 15h, no hall interno do prédio administrativo da Estação Cabo Branco.

A abertura contará com a apresentação cultural do grupo de percussão e dança afro “Olodu Matão”, do município de Matão, e Ndungu ye Kina, membros do quilombo Pedra D´àgua, também no interior do Estado. A entrada é aberta ao público de todas as idades e a exposição ficará no local até o dia 22 de outubro, de terça a sexta-feira das 9h às 18h, e sábado, domingo e feriado de 10h às 19h.

Alberto Banal disse que a ideia do projeto surgiu no dia 13 de fevereiro de 2017, depois de ter passado alguns dias na comunidade afrodescendente da África, no Chile. “Cheguei a Santiago do Chile onde tive a sorte de visitar a exposição ‘Afrodescendente: más allá de África’ no prestigioso Centro Cultural La Moneda e conhecer o fotógrafo Christian Jamett. Daí a ideia de trazer a exposição para João Pessoa veio logo no primeiro contato. A concreta colaboração das curadoras Lúcia e Larissa França permitiu a realização do projeto”, contou o fotógrafo.

A exposição está dividida em quatro séries fotográficas: Retratos, O Ritmo da Alma, Série Marta Corvacho e Enterro. São 64 fotografias coloridas e preto e branco. O fotógrafo Ed Kashi, que escreve o texto de abertura da exposição de Jamett, comenta que dentro da fotografia documental eles trazem à vida e atenção do público pessoas que estavam esquecidas pela sociedade.

SERVIÇO:
Afrochilenos, de Alberto Banal, Christian Jamett e José Esteban Rafael
Abertura: Sábado, dia 19 de agosto
Hora: 15h
Local: Hall do prédio administrativo
Até quando: 20 de outubro
Horário de visitação: Terça a sexta-feira – 9h às 18h; ou sábado, domingo, feriado – 10h às 19h.