Cultura


Museu Histórico de Campina Grande vai ser revitalizado e ganhar galeria

Patrimônio mais antigo da cidade passará por manutenção no prédio e acervo. 




Divulgação/PMCG
Divulgação/PMCG
Objetivo da revitalização é ser um órgão dinâmico da cultura campinense

O prédio e o acervo do Museu Histórico de Campina Grande, o patrimônio mais antigo da cidade, vai passar por manutenção, de acordo com a prefeitura em nota nesta sexta-feira (5). O prédio, localizado na avenida Floriano Peixoto, é onde esteve preso o revolucionário Frei Caneca - que tentou a indenpendência do Brasil. Obras de revitalização no Museu do Algodão e na Biblioteca Municipal também estão programadas.

De acordo com o gerente dos Museus e da Biblioteca Municipal, Walter Tavares, o objetivo é recuperar e requalificar este tipo de espaço histórico e turístico, valorizando a cultura campinense. “Vamos recuperar o exato local onde esteve preso este herói nacional e estabelecer a Galeria Frei Caneca, para exposições artísticas, ganhando os artistas da cidade mais um espaço para suas obras", disse Tavares.

Ainda conforme Tavares, o Museu Histórico vai começar a ser totalmente requalificado, com o objetivo de ser um órgão dinâmico de cultura e não apenas uma casa de exposição do passado campinense.

Outras obras
Após o Museu Histórico, a meta é recuperar o prédio e o acervo do Museu do Algodão, que também vai terum espaço destinado a exposições temporárias. Este espaço vai ser chamado de Galeria Ouro Branco. Com isso, nos finais de semana, o Museu do Algodão abrigará uma feira de artes, com programação artística. Este trabalho está em fase final de elaboração pela Secretaria de Cultura da prefeitura de Campina Grande.

Quanto à Biblioteca Municipal, localizada na rua Maciel Pinheiro, no bairro do Centro, Walter Tavares disse que vão ser executados projetos e ações voltados à melhoria dos serviços prestados à coletividade em geral, especialmente em benefício dos estudantes. Também assegurou a implantação de uma galeria de arte na biblioteca. Com isso, Campina Grande ganhará uma nova área para a realização de exposição e eventos culturais em geral