Cultura


Depois de 34 anos, Jairo Madruga pode ficar fora do São João de CG

Empresário disse que falta de recursos pode causar ausência do artista.




Divulgação
Divulgação
O artista avalia que sua ausência quebra a tradição da festa junina

O cantor Jairo Madruga pode ficar de fora do São João 2017 de Campina Grande, durante o tradicional show pirotécnico que marca a abertura do "Maior São João do Mundo". Segundo a Empresa Aliança Comunicação e Cultura Ltda, responsável pela organização do festejo deste ano, informou que a falta de recursos financeiros pode ser a causa da ausência do artista nesta edição.

Ainda confoime o presidente da empresa pernambucana, Luiz Otávio, a programação musical da festa passou por uma avaliação da Prefeitura de Campina Grande (PMCG) e, por mais que se pense numa lista com cantores de vários gêneros musicais, a responsabilidade financeira, vinda da captação de patrocinadores, pode impedir a participação de alguns artistas. O empresário, contudo, não descartou um acerto com o cantor Jairo Madruga até o início do São João, no dia 2 de junho.

“A gente procura a programação mais abrangente possível, mas nem sempre conseguimos colocar todo mundo na lista. Nós submetemos essa lista à prefeitura e ela faz as escolhas dela. Se o Jairo não está é porque ou não se chegou ao valor pedido por ele ou não conseguimos captação de recursos suficientes para incorporá-lo à festa. Isso não quer dizer que ele não vá participar, pois ainda estamos em abril e tem muito tempo até a festa”, explicou Luiz Otávio.

Já o cantor Jairo Madruga se mostrou bastante contrariado pelo fato de não ter o nome inserido na programação do Maior São João do Mundo, divulgada no dia 19. O artista avalia que sua ausência quebra a tradição da festa junina. “Participo da festa há 34 anos, um show muito especial. Minha empresária entrou em contato com eles, mas não houve acordo. O prefeito disse que ia dar um jeito, mas até agora estou fora da festa, isso é uma quebra na tradição do evento. O único lugar do mundo com show pirotécnico musical é em Campina Grande”, desabafou Jairo Madruga.

O secretário de Planejamento Gestão da prefeitura de Campina Grande André Agra, disse que a grade de shows apresentada já é a definitiva, mas pode ter melhoras com anúncio de mais atrações. Sobre Jairo Madruga, ele explicou que, mesmo passando pela aprovação da prefeitura, as negociações são feitas diretamente com empresa e que falta de acordo pode está influenciando a não confirmação dele na programação.

"A empresa é quem fica responsável por buscar o patrocínio e fazer um acordo de um valor a ser pago ao artista. Ele pode está ainda em negociação, por isso ainda não foi confirmado”, disse o secretário.