Cultura


Morre aos 70 anos o cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda

Artista enfrentava um câncer e estava internado em hospital do Rio. 




Divulgação
Divulgação
Jerry Adriani estava internado no hospital carioca desde o dia 7 de abril

Morreu aos 70 anos, neste domingo (23), o cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda. A morte do artista aconteceu às 15h30 no Rio de Janeiro. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca.

Jerry estava no hospital desde o dia 7 de abril. Conforme relatos do empresário do cantor na época, ele estava em estado gravíssimo.

"Ele não conseguiu se alimentar direito em casa e por isso perdeu muito peso. Está magro demais e abatido com a situação, mas está lúcido. Agora, os médicos vão acompanhar mais de perto o seu estado de saúde", afirmou o empresário.

Jerry esteve internado outra vez no mesmo hospital e havia recebido alta em fevereiro. O motivo da primeira internação foi uma trombose venosa profunda na perna direita. A família do artista não autorizou o hospital a divulgar boletins sobre seu estado de saúde.