Cultura

Sabadinho Bom: Roberto do Valle homenageia Jacob do Bandolim

Apresentação, que também terá choros clássicos, ocorre a partir das 12h30.



Divulgação
Divulgação
Apresentação de Roberto do Valle é focada no bandolin

Roberto do Valle é a atração deste sábado (26) no Sabadinho Bom, na Praça Rio Branco, em João Pessoa. A apresentação, focada no instrumento bandolim, ocorre a partir das 12h30. Em meio aos choros clássicos e obrigatórios, o repertório contempla obras que Jacob do Bandolim deixou inéditas, e que acabaram ganhando registro no dedilhado do instrumentista Déo Rian. É o caso de ‘Chorinho na praia’, ‘Lembranças’, ‘Já que não toco violão’ e ‘Sapeca iaiá’.

O repertório ainda contempla outras músicas de Jacob, como ‘Aguenta seu Fulgêncio’ e A ginga do Mané’ (que ele fez em homenagem ao jogador Mané Garrincha), além de ‘Mistura e manda’, de Nelson Alves (regravada por instrumentistas do naipe de Paulo Moura) e ‘Arranca toco’, do pernambucano Jayme Florence.

“Também vamos apresentar o ‘Choro clássico’, do gaúcho Plauto Cruz, um choro lindo, em sol menor. E também ‘Um abraço no Amorim’, de Luís Barcelos, em homenagem ao famosíssimo bandolinista Pedro Amorim”, comenta Valle.

Com Roberto do Valle (bandolim), sobem ao palco Israel 7 Cordas (violão 7 cordas), Matheus (violão 6 cordas) Ailma Ribeiro (cavaquinho), André (pandeiro) e Serginho (flauta). A apresentação ainda vai contar com a participação especial da cantora Cris Munhoz.