Cultura

Policiais sugerem estupro de Fátima Bernardes em vídeo

Gravação é uma resposta à enquete criada pela apresentadora em seu programa. 



Em um vídeo publicado na internet, dois policiais militares sugeriram o estupro da apresentadora Fátima Bernardes. Na gravação, eles criaram uma situação hipotética, perguntando, em caso de um estupro, quem ela gostaria que fosse socorrido primeiro: o criminoso, ferido por uma faca, ou ela?

O vídeo é uma resposta à pergunta polêmica que a apresentadora fez em seu programa 'Encontro com Fátima Bernardes'. Na enquete, Fátima perguntou aos convidados quem eles salvariam: um policial ferido levemente ou um traficante em estado mais grave. Eles optaram por salvar a vida do traficante, e a enquete feita ao vivo na TV Globo deu início a uma grande polêmica nas redes sociais.

"A gente não quer que aconteça, mas pode acontecer", disse um dos PMs no vídeo divulgado no último domingo (20). "Estamos aguardando a sua resposta", acrescentou.
 

Posicionamento de Bolsonaro 

A repercussão da enquete criada por Fátima aumentou após o deputado Jair Bolsonaro diulgar um posicionamento em seu Facebook criticando a apresentadora. “Uma mídia completamente parcial, haja visto a questão agora de Fátima Bernardes, que prefere conduzir o seu programa dando mais atenção a um traficante ferido do que a um policial, um herói a serviço nosso nas ruas", comentou.