Cultura

Dois espetáculos são apresentados no Palco Giratório do SESC

Apresentações acontecem nesta segunda (21) e terça (22) no Teatro Piollin.



Divulgação
Divulgação
Espetáculo "Cachorros não sabem blefar" faz parte do projeto, que virá a João Pessoa

A última etapa do Palco Giratório do SESC, que acontece em João Pessoa nesta segunda (21) e terça-feira (22), vai contar com duas apresentações teatrais. A primeira é do grupo mineiro Cia. 5 Cabeças, com o espetáculo "Cachorros não sabem blefar", que tem direção e dramaturgia assinadas por Byron O'Neill. Já no dia seguinte, a peça "Quincas", do grupo paraibano Cia Osfodidários. Ambas as sessões acontecem às 20h no Teatro Piollin. A entrada é gratuita.

O espetáculo "Cachorros não sabem blefar" mostra o dilema de Caio, que sempre olha para seu relógio, que insiste em marcar o mesmo horário: 9 e 15. Apresenta também os conflitos entre ele e sua namorada Cristina, que não quer morrer virgem.

Sediado em Belo Horizonte, o grupo responsável pela peça flerta com a linguagem do chamado "Teatro do Absurdo" e em sua trajetória criaram trabalhos cênicos com dramaturgias originais e premiados, assinadas pelo também diretor Byron O'Neill.

Já a peça 'Quincas', da Cia Osfodidários, trata-se de uma adaptação da obra de Jorge Amado "A Morte e a Morte de Quincas Berro D'Água", com direção de Daniel Porpino. O grupo surgiu em 2008 e consolida-se na cena teatral paraibana definindo-se como um coletivo que tem seu foco voltado ao trabalho do ator, visto como um criador.

Oficina

Como parte do evento, no dia 21, das 9h às 13h, o grupo Cia. 5 Cabeças realiza no SESC Centro a oficina 'Corpo - memória: Um respiro na manhã'. A oficina propõe um tempo de pausa no cotidiano afim de que os alunos parem para perceber seus próprios corpos e suas necessidades. Através de músicas de diferentes tempos, o grupo pretende atingir a memória e recordar sensações, transformando-as em gestos e dança. A oficina será ministrada por Carol Oliveira.