Cultura

Quatro curtas da PB foram selecionados para 11º Festival Aruanda

Evento vai acontecer entre os dias de 8 a 14 de dezembro.



Reprodução
Reprodução
Entre os curtas paraibanos selecionados, está o filme 'Sexta-feira', do cineasta Gian Orsini

Quatro curtas paraibanos estão entre os selecionados para a mostra competitiva do 11º Festival Aruanda do Audiovisual Brasileiro, que ocorrerá de 8 a 14 de dezembro. Os nomes das obras que estão concorrendo à premiação foram divulgados nesta quarta-feira (9). No total, são 12 trabalhos, sendo oito ficções e quatro documentários, que foram escolhidos pela comissão de seleção entre mais de 150 inscritos.

“Foi uma seleção difícil, pela quantidade de filmes avaliados, e pela qualidade técnica e narrativa. Optamos por curtas que apostam em uma linguagem estética mais sofisticada para contar suas histórias e também nos que privilegiam temáticas arriscadas e personagens complexos, mesmo que usem linguagens convencionais”, contou o jornalista de São Paulo, Amilton Pinheiro, um dos curadores da mostra.

Para o jornalista pernambucano Marcos Enrique Lopes, outro curador, mais uma vez o Fest Aruanda está sintonizado com o que há de melhor na produção cinematográfica recente nacional. “Diversidade de opiniões e de representatividade do audiovisual de três regiões do país e de sete estados brasileiros, além de apoio à profícua produção local”, comentou.

A comissão de seleção teve ainda a participação da jornalista Bárbara Wanderley, presente na produção do festival há dez anos. Além dos curtas, a organização do Fest Aruanda liberou também os selecionados para concorrer às categorias de TV Universitária.

Mostra Competitiva de Curtas

Cumieira – Diego Benevides (PB, doc, 13 min)
O Bailarino - Lipe Canêdo (POR/MG, doc, 13 min)
Sala de Reboco: A história de Zé Mercolino – Ana Célia Gomes (PB, doc, 20 min)
Sexta-feira – Gian Orsini (PB, doc, 11 min)
Aquela Rua Tão Triumpho – Gabriel Carneiro (SP, fic, 15 min)
Lá do Alto – Luciano Vidigal (RJ, fic, 08 min)
Noite Púrpura – Caroline Biagi (PR, fic, 18 min)
O Homem Que Virou Armário – Marcelo Ikeda (CE, fic, 20 min)
Paranoico – Elvis de Sá (RJ, fic, 06 min)
Quando Parei de Me Preocupar com Canalhas – Tiago Vieira (SP/GO, fic, 15 min)
Stanley – Paulo Roberto (PB, fic, 19 min)
Xavier – Ricky Mastro (SP, fic, 13 min)

TV Universitária
Reportagem
Maria Bonita: Um retrato da Violência Sexual contra a Mulher em Campina Grande – Campina Grande PB - Thamires Tamares/ Ana Cláudia Cavalcante – 10 min
Onde o mundo se encontra – São Paulo SP - Adriana Chiaradia – 10 min
3x4: Doença periodontal em pessoas com Síndrome de Down – Bauru SP - Guilherme Bacciotti, Nico Stolzel, Paula Marques, Vitor Oshiro – 12 min
Abandono Museus – Ribeirão Preto SP – Flávia Martelli – 3min 55

Documentário
Fissura labiopalatina: o caminho da reabilitação – Bauru SP - Guilherme Bacciotti, Nico Stolzel, Paula Marques, Vitor Oshiro – 1h
Patrimônio ImateriaL – São Paulo SP – Adriana Charadia – 10 min
Marca-dos – Ribeirão Preto SP – Flávia Martelli – 11 min 53

Interprograma
Saber saúde: rinite – Bauru SP - Guilherme Bacciotti, Nico Stolzel, Paula Marques, Vitor Oshiro – 5 min
Cena Potiguar – Natal RN – Rosália Figueirêdo – 3 min
Pense nisso: Desperdício – São Paulo SP – Marcelo Dias – 3 min
Toda Beleza que há – Ribeirão Preto SP – Flávia Martelli – 3min 47

Programa de TV
Programa 3x4 – Bauru SP - Guillherme Bacciotti, Nico Stolzel, Paula Marques, Vitor Oshiro – 24 min
Canal de Histórias - Contação da Rua na Fazenda – João Pessoa PB – Valeska Picado – 19 min
Os profissionais – São Paulo SP - Wllyssys Wolfgang – 28 min
TVT entrevista: Indígenas na educação – Ribeirão Preto SP – Flávia Martelli – 14min 50