Cultura

Brasileiro quebra estátua de mais de 300 anos ao fazer selfie em museu

Imagem de São Miguel Arcanjo será avaliada por especialistas.



Um visitante brasileiro quebrou uma estátua barroca do século 18 no Museu de Arte Antiga em Lisboa, Portugal. De acordo com informações do jornal português Observador, o brasileiro tentava tirar uma selfie quando derrubou a obra. O brasileiro entrou no museu gratuitamente, já que o local oferece entrada sem pagamento no primeiro domingo de cada mês.

A estátua, uma representação de São Miguel Arcanjo sem autoria determinada, será avaliada para saber se há possibilidade de restauração. Neste domingo (6), o Ministério da Cultura português se pronunciou sobre o caso. Em nota, o ministério afirmou que "o acidente ocorreu quando o visitante, estando a fotografar uma outra obra, recuou sem olhar, não parou apesar dos alertas do vigilante, e foi contra a peça que se encontrava em cima de um plinto”.

Na nota, ainda, o ministério afirmou que estuda tirar a obra da exposição. O acidente reacendeu uma polêmica em torno do museu; em setembro, o diretor do local,  António Filipe Pimentel, afirmou que uma "calamidade" ocorreria em breve por causa do pouco pessoal disponível - segundo ele, a unidade precisaria de 50 vigilantes, mas só dispõe de 20 trabalhadores.