Cultura

Artesãs de Cabedelo fazem exposição a partir desta terça

Artesanato têm inspiração marinha e é aplicado em roupas e acessórios.



Divulgação/Secom Cabedelo
Divulgação/Secom Cabedelo
Exposição fica aberta ao público até o sábado (29), das 10h às 17h.

 As artesãs de Cabelo apresentam seus trabalhos no Forte de Santa Catarina, a partir desta terça-feira (25). Técnicas do artesanato regional, materiais e inspirações marinha aplicadas em peças de vestuário e acessórios compõem a exposição de moda Oceano. O evento é o resultado do Ondinas Cabedelo, projeto desenvolvido pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Cabedelo (SEPM), sob orientação do estilista Léo Mendonça. A apresentação ficará aberta à visitação até sábado (29), das 10h às 17h.

As peças expostas foram confeccionadas por 42 artesãs locais que, durante três meses, receberam capacitação e utilizaram técnicas, recursos naturais e característicos do artesanato local, além boas doses de criatividade para produzir os itens da exposição. As peças são confeccionadas a partir das técnicas de crochê e materiais naturais, como escamas de peixe e osso.
 
Para o estilista Léo Mendonça, que coordenou toda a elaboração das peças, a exposição é fruto de um trabalho criterioso e baseado em muita pesquisa e dedicação. “A exposição é a conclusão de um trabalho que contou com o apoio total da Prefeitura. Partimos do conhecimento do trabalho das artesãs locais, a tipologia artesanal, principalmente o crochê e os trabalhos com as escamas de peixe. A partir daí, passamos por todas as etapas de desenvolvimento de uma coleção. Primeiramente, pela definição de um tema para a nossa coleção. Como Cabedelo é uma cidade de praias e rios, porto e tudo mais, nada mais justificável que trabalhássemos com o tema Oceano. Partimos para uma pesquisa profunda a respeito do que são a fauna e a flora oceânica, e isso serviu como referência para o desenvolvimento da nossa coleção”, explicou o estilista Leo Mendonça.  
 


A artesã Regiane da Silva Santos trabalha com crochê e está no Ondinas desde o começo. “Para mim, o projeto foi maravilhoso. Antes dele, a gente fazia as peças, mas não tinha muita divulgação. Vendia em casa mesmo, para amigos e parentes. O Ondinas abriu um leque de opções pra gente poder fazer exposição, sair e ver nossa produção sendo divulgada”, afirma a artesã.
 
Para a secretária da SEPM, Mônica Pimentel, além do viés criativo, o projeto também se notabiliza por gerar renda às participantes. “Temos artesãs que nos procuraram relatando, com alegria, não ter condições de entregar todos os pedidos recebidos, assim como depoimentos de quem já está vendendo para fora do Estado. Para mim já valeu a pena gerar a possiblidade delas estarem mostrando o produto, vendendo e tendo uma melhoria de vida no aspecto financeiro”, aponta a secretária.
 
Serviço:
Exposição de moda Oceano
Local: Forte de Santa Catarina, Cabedelo.
Data: Até o sábado (29)
Horário: 10h às 17h.