Cultura

História indígena e negra no Brasil viram catálogos e DVDs

Material foi produzido pela Fundação Parque Tecnológico e pela UFCG.



Divulgação/UEPB
Divulgação/UEPB
O projeto foi coordenado pela professora Juciene Ricarte Cardoso, e teve a participação de mais de 50 pesquisadores.

A Fundação Parque Tecnológico (PaqTc - PB) e a Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, lançam nesta quarta-feira (19), com patrocínio Petrobras, dois livros-catálogos e dois DVDs resultantes do projeto “Catálogo Geral dos Manuscritos Avulsos e em Códices Referentes à História Indígena e Escravidão Negra no Brasil”, sendo um livro e um DVD para cada temática. O lançamento acontece no Auditório do Museu Assis Chateaubriand (MAC), em Campina Grande, na Paraíba, às 19h.

No âmbito do projeto, coordenado pela professora Juciene Ricarte Cardoso, com a participação de mais de 50 pesquisadores técnicos, foram selecionados mais de 136 mil verbetes do período de 1581-1843 de milhares de documentos organizados do acervo do Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa, em Portugal. Dentre os documentos oficiais analisados estão cartas, relatórios, requerimentos, cartas régias, alvarás, provisões, consultas, relatos de viagens e outros da burocracia administrativa portuguesa que tratavam de questões indígenas e da escravidão no Brasil colonial.
 
Da seleção inicial, foram listados 6 mil verbetes abrangendo todas as capitanias e que faziam alusão aos manuscritos coloniais, os quais possibilitaram a captura de milhares de imagens digitalizadas.  O arquivo final com imagens relativas à história indígena totalizou cerca de 27 mil imagens digitalizadas e 3.117 verbetes. Já no que diz respeito à escravidão negra, totalizou cerca de 27 mil imagens digitalizadas e 3.034 verbetes.
 
O material selecionado foi base para a organização e a publicação de dois livros-catálogos temáticos e dois DVDs. A gravação de verbetes em áudio, inédita no trato de documentação relativa a questões étnicas, objetivou propiciar o acesso a portadores de limitações visuais.
 
O patrocínio da Petrobras ao projeto, por intermédio do Programa Petrobras Cultural, enquadra-se na linha de atuação "preservação e memória", que engloba iniciativas relacionadas à recuperação e à preservação de patrimônio imaterial, à organização de acervos em museus, arquivos e bibliotecas, ao restauro de patrimônio edificado e à conservação de sítios arqueológicos.
 
Serviço:
 
Lançamento de livros-catálogos e DVDs do projeto Catálogo Geral dos Manuscritos Avulsos e em Códices Referentes à História Indígena e Escravidão Negra no Brasil”
Data: 19 de outubro
Hora:19h 
Local:  MAC - Museu Assis Chateaubriand - Endereço Rua João Lélis 581 - Catolé  - Campina Grande - PB