Cultura

Sem 'Aquarius': longa 'Pequeno Segredo' é indicado do Brasil ao Oscar

Filme conta a história de filha da família Schurmann.



O filme 'O Pequeno Segredo', dirigido por David Schurmann, foi escolhido nesta segunda-feira (12) como representante do Brasil na disputa pela indicação ao Oscar de 2017. A escolha gerou surpresa, já que o filme preferido por boa parte da crítica era 'Aquarius', de Kléber Mendonça Filho.

Durante o anúncio, o produtor Beto Rodrigues, um dos nove membros da comissão que elegeu a indicação brasileira, disse que a decisão foi pautada em dois critérios: a qualidade técnica da obra e as chances do candidato de agradar os jurados norte-americanos. A produção foi escolhida entre 16 inscritos.

“Além dos critérios óbvios – técnicos e artísticos – existia também um pensamento de tentar escolher um filme que chegasse nos americanos e tivesse mais chance de agradar”, ressaltou Rodrigues, que falou como porta-voz, na ausência do presidente da comissão, o cineasta Bruno Barreto.

O crítico Marcos Petrucelli, que também integrou a comissão - e que se envolveu em polêmica ao criticar o protesto anti-impeachment realizada pela equipe de 'Aquarius' no Festival de Cannes -, defendeu a escolha, apesar da forte repercussão internacional do filme de Kléber Mendonça. “O 'Aquarius' ganha essa projeção nos Estados Unidos porque é um filme já visto, ele passou no festival de Cannes”, disse, ao lembrar que 'O Pequeno Segredo' ainda não foi lançado comercialmente. A estreia do filme está prevista para o próximo dia 22.