Cultura

Uma viagem à Índia, Nepal, Peru e Cuba nas fotos de Rizemberg Felipe

Mostra tem entrada gratuita e pode ser visitada na Estação Ciência



Rizemberg Felipe
Rizemberg Felipe
Fotógrafo captou os melhores olhares na Índia, Nepal, Cuba e Peru

"Quantos mundos cabem em um só? Se os navegadores portugueses desembarcaram no Brasil enquanto procuravam a Índia, o fotógrafo Rizemberg Felipe escolheu o país de Gandhi como ponto de partida para lançar o seu olhar sobre novos mundos. E as suas impressões trazidas do desbravamento de quatro países – além da Índia, Nepal, Cuba e Peru – serão reveladas na exposição "One World", que começa dia 19 de Agosto, no mês da Fotografia, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, em João Pessoa.
   
A estrada desse rito de passagem para os 40 anos de vida e 20 anos de carreira levou o paraibano à trilha dos grandes repórteres fotográficos, atraído pelas cores do povo indiano, pela mística dos seus rituais, pela espiritualidade que paira em meio ao caos e pela força do Ganges, um dos rios mais venerados da Terra.
   
Sua busca por descondicionar o olhar da vida cotidiana, direcionando-o para culturas e formas de vivência diversas, também moveu o fotógrafo a outras latitudes asiáticas. Em um Nepal antes do terremoto, definido por ele como “uma terra feliz, onde as ruas cheiram as flores”, teve a oportunidade de produzir alguns dos últimos registros de templos milenares, ícones da cultura nepalesa que chegaram a ser destruídos um mês após a sua passagem.


   
Nas Américas, a viagem o levou de volta ao Peru, primeiro país que visitou treze anos atrás – e para onde sempre pretende voltar –, seguindo os passos, dessa vez, dos incas até o “portal de energia” escondido nas montanhas de Machu Picchu. Por fim, decidiu descortinar as dores e delícias de uma Cuba comunista na era de Fidel, quando fotografou a ilha um mês antes da visita de Barack Obama para a negociação do fim do embargo.
   
“Por acaso, essas rotas das minhas viagens envolvem países bem diferentes e, ao mesmo tempo, cheios de similaridades entre si. Embora alguns estejam em continentes distintos, o colorido dos seus povos trouxe unidade às fotografias, mostrando a harmonia na vida de cada país visitado. Essas semelhanças mostram que tantos mundos diferentes podem ser reunidos em um só e que não existem fronteiras para quem tem sonhos”, explica o fotógrafo, colorista por natureza.
 
"One World" reúne 36 registros dos países visitados nos últimos dois anos. A escolha das fotos ainda segue algo de místico, internalizado pelo artista em suas andanças. “Escolhi esse número por representar o meu início na fotografia. Comecei fotógrafo com filme de 36 poses”, revela Rizemberg Felipe, que conta com a curadoria do jornalista e fotógrafo Sergio Pavanello em sua exposição.

Sobre Rizemberg Felipe

Nascido no dia internacional da Fotografia, 19 de agosto, começou como laboratorista em 1995, no Jornal O Norte, chegando a atuar como sub-editor de fotografia e a emplacar fotos em renomados jornais do país. Primeiro fotógrafo internacional do Jornal da Paraíba - onde atua há 15 anos e já colaborou com fotografias da Bolívia e do Peru para reportagens sobre turismo –, conquistou menção honrosa nos concursos Lambe-Lambe e Clic Seu Mundo, primeiro lugar no Prêmio Yazigi de Fotografia, prêmio AETC de Jornalismo (Categoria Fotografia), certificado de mérito cultural da Fundação José Américo e voto de aplauso da Câmara de Vereadores de João Pessoa (indicado pela vereadora Paula Frassinetti). Entre os cursos de formação, destaca-se o Intercâmbio Brasil-Argentina de Fotografia, produzido por João Lobo e Irmã Andrada, no país onde participou da sua primeira exposição coletiva internacional, no Museu Itanaum. Recentemente, foi aluno do curso de Cinema e Fotografia na NYFA (New York Fim Academy), onde realizou três curtas metragens e participou de outros doze, dividindo a experiência com colegas premiados pelo Oscar. È professor de Fotografia desde 2010, com 74 turmas formadas – e dessas, nove alunos premiados.

Serviço:
Exposição One World - Fotografias de Rizemberg Felipe
Data: Inicia em 19 de Agosto de 2016
Local: Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes (João Pessoa)
Entrada gratuita