Cultura

Três regentes dividem o palco na apresentação da Sinfônica Jovem

Apresentação acontece a partir das 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira do Espaço Cultural, em João Pessoa. 



Divulgação/Secom-PB
Divulgação/Secom-PB
Na apresentação desta semana, três regentes se revezam no palco

A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba realiza, nesta quinta-feira (16), o segundo concerto oficial da temporada 2016. Na apresentação desta semana, três regentes se revezam no palco. O maestro Luiz Carlos Durier reveza a batuta com os jovens Daniel Berg e Alphonsos Silveira, alunos da classe de regência da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), respectivamente. O solista da noite é Zácaro Pinto Feitosa (trompete). O espetáculo começa às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. A entrada é gratuita.

O concerto começa com 'Marcha em Ré Maior', composta por Anton Bruckner (1824-1896), sob regência do jovem Daniel Berg. Na sequência, o programa traz 'Sherzetto', de Werner de Blaser (1959). A obra seguinte é 'La Virgem de la Macarena', composição de Bernardo Bautista Monterde (1880-1959), com arranjo original de Charles Koff, adaptação de Emanuel Barros e a participação do solista Zácaro Pinto Feitosa ao trompete.

A programação da noite inclui 'Imagens de Zeebrugge / O Amanhecer / A Pesca Feliz', de Willian Ostjin (1913-1993) sob regência do jovem Alphonsos Silveira. O repertório segue sob a batuta do maestro titular, Luiz Carlos Durier e a obra de Gustav Holst (1874-1934), 'Somerset Rhapsody, Op. 21'. Para finalizar, a Orquestra Jovem tocará uma peça mais recente, de Samuel Krahenbuhl (1980), a 'Sinfonieta N. 1', dividida em ‘allegro moderato / andante / allegro’.