Cultura

Roberto do Valle toca seu bandolim no Sabadinho Bom deste sábado

Grandes clássicos do choro instrumental compõe o repertório do pernambucano, que se apresenta na Praça Rio Branco, a partir das 12h30.



Pernambucano radicado em João Pessoa desde 2013, o bandolinista Roberto do Valle sobe mais uma vez ao palco do projeto Sabadinho Bom. No show deste sábado, Roberto sobe ao palco acompanhado por Israel Oliveira, o Israel 7 Cordas (violão 7 cordas), André (pandeiro) e Ítalo Ricardo (cavaquinho). Promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através de sua Fundação Cultural (Funjope), o evento acontece todos os sábados, das 12h30 às 15h, na Praça Rio Branco, com acesso gratuito.

Com seu trio, Valle irá desfilar um rol de grandes clássicos do choro instrumental, muitos deles atendendo aos pedidos do público. “A gente sempre faz de tudo para atender aos pedidos do público”, comenta o músico.

Com mais de 30 anos de carreira, Roberto do Valle toca piano, violino, violoncelo, violão clássico e, claro, o bandolim. Participou de festivais, concertos e oficinas pelo Brasil e chegou a tocar ao lado de Sivuca, Canhoto da Paraíba e do maestro Spok. Já lançou oito álbuns.

Obras de Sivuca (1930-2006) e Canhoto da Paraíba (1926-2008) serão lembradas pelo pernambucano, que as alinha com clássicos do quilate de “Brasileirinho” e “Pedacinho do Céu”. No repertório, Roberto do Valle também abre espaço para uma série de choros inéditos que Jacob do Bandolim (1918-1969) escreveu, mas nunca gravou.