Cultura

História do rádio é tema de vídeo que será lançado neste sábado

Documentário tem como personagem central o jornalista Otinaldo Lourenço, que é considerado um inovador do rádio paraibano. 



Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal
Mirabeau Dias é o realizador dos documentários sobre a memória paraibana do século XX

“Modernização do Jornalismo – Um Toque de Inovação no Rádio Paraibano” é o título do documentário que será lançado neste sábado (30) em João Pessoa. O vídeo, realizado por Mirabeau Dias, tem como personagem central o jornalista Otinaldo Lourenço. Numa longa conversa com o também jornalista Petrônio Souto, ele conta histórias do tempo em que modernizou o jornalismo radiofônico paraibano.

Jornalista, radialista, advogado, Otinaldo Lourenço de Arruda Mello, entre os anos 1950 e 1970, comandou na Rádio Arapuan um projeto que mudou a cara do jornalismo de rádio produzido em João Pessoa. “Mesa de Redação”, “Jornal Sensacional”, “Antena Política”, “Dramas e Comédias da Cidade” e “Plantão Arapuan” estão entre os programas que ele criou.

No documentário, com mais de uma hora de duração, o entrevistador, Petrônio Souto, leva Otinaldo Lourenço a mexer na sua memória, que é parte importante da memória do rádio paraibano. Jornalismo, história, política, audiência, estão entre os temas discutidos no vídeo, além dos personagens mencionados por Otinaldo no seu depoimento.

Projeto
“Modernização do Jornalismo – Um Toque de Inovação no Rádio Paraibano” faz parte de uma série de documentários realizados por Mirabeau Dias, professor aposentado da UFPb, hoje empresário da construção civil. O projeto, iniciado há cinco anos, se chama “Memórias Paraibanas do Século XX” e foi idealizado por um grupo de intelectuais interessados em estudar o ambiente sociocultural de João Pessoa no século passado.

As lembranças, segundo Mirabeau Dias, são narradas a partir das provocações de um entrevistador escolhido pelo entrevistado. “É certo que elas retratam cenas do ponto de vista emocional do entrevistado, cheias de sombras psicológicas e desprovidas de certezas históricas”, explica o realizador.

O ex-reitor José Jackson, o médico Genival Veloso, o jornalista Wills Leal, o crítico João Batista de Brito e a professora Ângela Bezerra são alguns dos personagens que já foram retratados pela série de documentários. O vídeo sobre Otinaldo Lourenço terá sua primeira exibição para convidados sábado à noite no cinema da empresa de Mirabeau Dias, no bairro do Bessa.