Cultura

Grupo teatral de Goiás vai ministrar oficina de dança na capital

Oficina acontece no dia 06 de maio, destinada a atores, bailarinos e demais interessados. Já no dia 07 acontece encenação de 'Dúplice', no Piollin.



Divulgação
Divulgação
Proposta da oficina é compartilhar elementos que foram condutores no processo criativo do espetáculo

A segunda etapa do Projeto Palco Giratório, promovido pelo Sesc Centro João Pessoa, está programada para acontecer nos dias 6 e 7 de maio, na capital. A Cia. Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha, do estado de Goiás, ministra no dia 06 de maio uma oficina no Sesc Centro, das 14h às 18h, e as inscrições podem ser feitas através do setor de Cutura da instituição, ou solicitando ficha de inscrição via e-mail. Já no dia 7, a companhia apresenta o espetáculo ‘Dúplice’, às 20h, no Teatro Piollin.  A oficina é destinada a atores, bailarinos e demais áreas afins.

A proposta da oficina é compartilhar com os participantes elementos que foram condutores no processo criativo do espetáculo ‘Dúplice’, visando estimular a pesquisa entre público e artistas dentro do imenso âmbito das artes cênicas. Basicamente esses elementos são extraídos da dança contemporânea, do teatro, da capoeira, da música e algumas de suas ramificações como o teatro físico, o clown, a mímica, a percussão vocal, o jogo e o improviso. “A oficina foca no elementar que é o corpo do ator/bailarino/compositor e nas suas ações criativas, incitando, treinando e aperfeiçoando suas habilidades físicas e rítmicas, cênicas e sonoras”, informa o setor de cultura do Sesc.

O objetivo geral é que, com a compreensão e prática dos exercícios propostos, se aprimore a disposição e disponibilidade, preparados para reagir a qualquer ação, diante de qualquer questão, desde que estejam despertos e atentos, conscientes e potencializados em todas essas nossas habilidades. A