Cultura

Impeachment: o que dizem os artistas da Paraíba nas redes sociais

O JORNAL DA PARAIBA fez um apanhado de postagens - contra e a favor - no Facebook do que pensam paraibanos ilustres sobre o atual momento político brasileiro. 



O Brasil está às voltas com mais um processo de impeachment (o segundo em pouco mais de duas décadas) e às vésperas da votação decisiva na Câmara Federal. A crise (política, econômica, ética) só tem se agravado, e mesmo os prognósticos mais otimistas, com ou sem a presidente Dilma Rousseff no poder, não apontam para soluções a curto prazo. 

Em 1992, no afastamento do presidente Fernando Collor, não havia internet. Nem redes sociais. E o país não estava tão dividido. Muito menos, marcado pela intolerância que hoje contamina os dois extremos. 
 
Entre os grupos que se posicionam usando largamente as redes sociais, estão os artistas. O JORNAL DA PARAÍBA quis saber como têm se manifestado os da Paraíba. 
 
Eis alguns registros:    
 
 
"Não temos tempo. A única saída é ir para as ruas defender a democracia e a garantia dos direitos sociais que estão seriamente ameaçados. A operação Lava-Jato está nua. O combate à corrupção já ficou em terceiro plano faz tempo. " (Lau Siqueira – poeta)
 
 
 
 
 
"Todas as pessoas de bom senso estão se reunindo no Brasil para garantir um dos bens mais preciosos que é a liberdade de expressão e uma melhor vida para toda a população. " (Milton Dornellas – músico) 
 
 
  
Eu defendo o estado democrático de direito! Quer chegar ao poder? Seja candidato nas eleições de 2018! Repeite os processos democráticos! (Eli-Eri Moura – músico)