Cultura

Nos 77 anos de Roberto Carlos, confira sete regravações de sucessos do 'Rei'

Lista vai da MPB, passando pelo rock, indo até o axé music.




Roberto Carlos é um dos artistas mais gravados na música brasileira (Foto: Divulgação)

Roberto Carlos completa 77 anos de vida nesta quinta-feira (19). São quase 60 anos de carreira, inúmeros discos e canções que marcaram a história da música brasileira. Para homenagear o ‘Rei’, o JORNAL DA PARAÍBA listou sete releituras da obra dele feitas por outros artistas brasileiros.

De acordo com um levantamento do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD), em 2011 o número de cantores brasileiros que receberam autorização para regravar canções de Roberto Carlos passava de mil. A lista separada pelo JORNAL da Paraíba mescla regravações mais conhecidas, com algumas que não fizeram tanto sucesso. E vai da MPB, passando pelo rock, chegando até o Axé.

Claudia Leitte/ Babado Novo – ‘Amor Perfeito’

Liderada pela vocalista Claudia Leitte, a banda baiana ‘Babado Novo’ viu seu primeiro álbum estourar em 2002 puxado pelo single ‘Amor Perfeito’. A música foi lançada originalmente por Roberto Carlos nos anos 80. O sucesso da versão foi tanto, que fãs mais jovens só descobriram depois que a canção era do Rei.

Skank – ‘É Proibido Fumar’

Trinta anos após a gravação original, o Skank regravou ‘É proibido Fumar’. A música está no disco ‘Calango’, segundo da carreira do grupo mineiro.

Chico Science & Nação Zumbi – ‘Todos Estão Surdos’

No auge do movimento manguebeat, Chico Science & Nação Zumbi  participaram de um coletânea em homenagem a Roberto Carlos. Produzido por Roberto Frejat, então líder do Barão Vermelho, o disco juntou artistas como Skank, Marina Lima e Carlinhos Brown. A música que coube aos pernambucanos foi ‘Todos Estão Surdos’. Em 2017,  a Nação Zumbi lançou um disco só com covers, ‘Radiola NZ Vol. 1’, que inclusive tem capa desenhada pelo paraibano Shiko, e entre as músicas, mais um sucesso na voz do Rei: ‘Não há dinheiro que pague’.

Jota Quest – ‘Além do Horizonte’

Em 2005, a banda  Jota Quest fez uma regravação dançante de ‘Além do Horizonte’, uma das tantas parcerias entre Roberto e Erasmo Carlos. A música foi o carro-chefe de ‘Até Onde Vai’, quinto disco da carreira dos mineiros.

Vanessa da Matta- ‘Nossa Canção’

A cantora Vanessa da Matta lançou seu primeiro disco em 2002. Um dos pontos altos do álbum é a regravação de ‘Nossa Canção’, música escrita por Luiz Ayrão, mas que fez muito mais sucesso na voz do ‘Rei’ Roberto Carlos.

Fresno – ‘Sentado à Beira do Caminho’

A banda gaúcha Fresno fez em 2012 uma versão de ‘Sentado à Beira do Caminho’. A faixa foi gravada para um movimento ambientalista e foi disponibilizada de graça para os fãs.

Elba Ramalho – ‘O Homem’

Um das músicas religiosas de Roberto Carlos, ‘O homem’ foi regravada pela paraibana Elba Ramalho em seu último álbum, ‘Eu sou o caminho’. O disco foi lançado no final de 2017 e tem um foco devocional à fé cristã.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.