Cultura

Missionário Shalom leva louvor ao Luau das Tribos 2017 neste sábado

Evento ocorre no Busto de Tamandaré, em Tambaú, com entrada gratuita. 




O Luau das Tribos 2017, ‘a festa que nunca acaba’, segue neste sábado nas areias da praia de Tambaú, em João Pessoa, com as apresentações da banda Missionário Shalom, a cantora Ana Gabriela e o Forró da Benção. Além de música, a programação também conta com missas, adoração, aconselhamento e uma balada especial, o Luau Hits. O evento ocorre no Busto de Tamandaré e a entrada é gratuita.

O Luau das Tribos, promovido pela Missão João Pessoa da Comunidade Católica Shalom, acontece desde 2004 e esse ano tem como tema ‘Aqui nasce a alegria’. Ele reúne duas referências: o ano Mariano, celebrado pela Igreja em honra ao centenário de Nossa Senhora Aparecida, e a posição geográfica de João Pessoa, o ponto mais oriental das Américas e onde o sol nasce primeiro.

A edição deste ano teve início nesta sexta-feira (13) e o ponto alto foi o show do forró católico do cearense Naldo José, que tem uma história de superação. Ele foi preso depois que policiais encontraram uma arma dentro de carro que dirigia ao sair de um show com sua banda. A experiência o fez repensar a vida e a carreira secular, que ainda durou algum tempo.

Atrações

Criado em 1998, o Missionário Shalom (MSH) surgiu como uma resposta da comunidade à necessidade de evangelização apostando em meios mais arrojados para que o shalom do Pai alcance os confins da terra. Inicialmente trabalhando com a dimensão musical, com o passar do tempo a dança também foi sendo incrementada e assumindo mais espaço no MSH. Através da sua arte o Ministério Shalom exerce a importante missão de levar o carisma da comunidade ao coração de todos os homens.

Se apresentando pela primeira vez no Luau, outra atração do sábado é Ana Gabriela, natural de Fortaleza, desde muito cedo, aos 11 anos, começou a compor suas músicas. Quando criança, participou do grupo de oração infantil Jesus Amigo, no Projeto Criança da Comunidade Católica Shalom. Seus primeiros contatos com a música eram em vista da evangelização a exemplo de shows que fazia para crianças.

Depois, ela ingressou no grupo musical Missionário Shalom, com o qual viajou em turnê pelo Brasil. Hoje em dia, segue carreira solo, vivendo um novo tempo, mas nunca se afastando da missão a ela confiada: levar o amor de Deus a todas as criaturas.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.