Cultura

Madonna visita favela e divide opiniões entre internautas

Confira destaques da coluna ‘O que bombou na internet’ da CBN João Pessoa.



Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Cantora Madonna visitou durante a semana o Morro da Providência, no Rio de Janeiro

A visita da cantora Madonna ao Brasil foi um dos destaques desta sexta-feira (27) da coluna ‘O que bombou na internet’, do repórter Phillipe Xavier, na CBN João Pessoa. A artista, que veio ao país para o casamento de seu empresário com uma modelo brasileira, aproveitou a ocasião para visitar uma favela, logo após uma turista espanhola ter morrido baleada. A iniciativa dividiu opiniões entre os internautas e resultou em debates na web.

Ouça a coluna ‘O que bombou na internet’, com Phillipe Xavier

Muitos fãs e seguidores acreditaram que ela não deveria ter visitado a comunidade e fizeram questão de se posicionarem nas redes sociais. "Rio de Janeiro em clima de guerra, gente morrendo a todo canto na favela, na porta de casa e Madonna vem pra favela tira foto como se fosse legal", disse uma internauta.

Já outros minimizaram o fato da popstar ter ido ao local e ter tirarado fotos com policiais armados. "Qual é o problema da Madonna tirar foto com a polícia? Não entendi, queriam com quem? Com os traficantes?", ressaltou um no Twitter.

Repercutiu também o caso de uma maquiadora que publicou em suas redes sociais a foto de uma mulher maquiada por ela dando à luz. As duas, que são de Natal (RN), foram alvos das críticas dos internautas pelo suposto exagero para a ocasião.

“Apenas uma pele bem preparada, mas não carregada e no olho algo bem simples mesmo. Tem que prefira cílios postiços, mas tem quem opte por boas camadas de rímel”, dizia a legenda da imagem que, apesar de já ter sido apagada do Instagram da profissional, foi printada e compartilhada inúmeras vezes.

Após ter sido bombardeada nas redes sociais, a maquiadora resolveu rebater as críticas. “Um verdadeiro absurdo que até agora não entendi a razão desse auê! Qualquer pessoa tem o direito de se maquiar para a ocasião que achar necessária, não há nada de errado nisso e eu como maquiadora, exercendo meu trabalho, vou atende-la da melhor forma possível”, frisou.

Racismo

Uma campanha de uma marca que lançou um papel higiênico preto agitou os internautas no início da semana e foi citada na coluna. Estrelada pela atriz Marina Ruy Barbosa, o lançamento gerou grandes repercussões por ser inusitado, além de usar como slogan ‘Black is Beautiful’, frase conhecida pela luta do movimento negro.

Com a polêmica negativa, a atriz global decidiu apagar a foto com o produto e se desculpou com seus seguidores. "Eu lamento muito, de verdade, e peço desculpas às pessoas que se sentiram afetadas", escreveu.

Já a atriz e cantora Zezé Motta também resolveu se posicionar e escreveu um texto para criticar a campanha, por supostamente usar uma frase de importância para os negros somente para marketing. "Respeito, por favor", pediu ela.

Mãe seguia filha no Twitter

Ouro assunto abordado na coluna foi o de uma jovem surpreendida ao descobrir que a mãe a seguia no Twitter há anos. O caso foi compartilhado em um grupo fechado do Facebook e depois divulgado no próprio Twitter.

Segundo a jovem, ela descobriu a ‘ilustre’ seguidora ao mudar as configurações de privacidade de seu perfil e receber uma mensagem da mãe. “Eu sempre te segui. Sempre. Todos esses anos te segui secretamente", afirmava.

"Já vi elogios. Você já acabou comigo. Descobri muito antes que você também gostava de meninas por lá. Me sentia próxima de você. Conhecia um pouco teus amigos através de lá", continuou a mãe da menina, pedindo para ser aceita de volta na rede da filha.  


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.