Cultura

João Pessoa 433: Fotógrafos e fotos que revelam a cidade

Conversamos com fotógrafos e pedimos que eles mandassem fotos de seus lugares favoritos da cidade.




É possível manter o mesmo encanto por uma cidade depois de tanto tempo morando nela? Para fotógrafos que sempre buscam o novo e o original na fotografia é sim. E, para comemorar o aniversário de fundação da cidade de João Pessoa, que completa 433 anos neste domingo (5), o JORNAL DA PARAÍBA pediu para fotógrafos mostrarem fotos de lugares da capital paraibana que revelem a cidade e que trazem uma memória afetiva ou que sejam sua primeira escolha na hora de representar a cidade. Cada um com seu estilo e com suas justificativas, eles mostraram que é possível se ‘reencantar’ pelo cotidiano.

Casa da Pólvora

Foto: Agda Aquino

A fotógrafa e professora universitária Agda Aquino escolheu a foto da Casa da Pólvora já que o pai dela costumava levar ela e o irmão para o Centro Histórico da cidade para contar as histórias da infância dele e dos lugares. “A gente ficava dentro do carro porque era muito perigoso na época”, lembra a professora. “Ele sempre passava por ali na hora do pôr do sol e explicava que aquelas construções tinham centenas de anos. Eu, criança, ficava impressionada”, completou.

Depois de adolescente, Agda não perdeu o encanto pela cidade nem pelo seu Centro. Nas folgas das aulas, ela tinha o hábito de ir à Casa da Pólvora para olhar as fotos antigas. “Era um mini museu Walfredo Rodrigues. Ficava horas admirando as fotos antigas e imaginando as pessoas que viveram naquele tempo. Tentando adivinhar como eram esses lugares hoje”, contou.

Hoje em dia, sempre que pode ela visita o lugar. “Seja para fotografar, assistir uma atividade cultural, levar meus alunos ou apenas ver o pôr do sol e sentir novamente aquela emoção que sentia quando criança sentada no carro do meu pai”.

Hotel Globo

Foto: Felipe Gesteira

Existem muitas fotos do Hotel Globo e a maioria delas revela a sua fachada. O fotógrafo Felipe Gesteira se voltou para a vista que o ponto turístico oferece. “Quando alguém de fora me perguntava sobre o entardecer mais bonito, era pra lá que eu levava”, disse. Apesar das praias serem o grande destaque da cidade, Felipe sempre preferiu o Centro Histórico.

“Quando comecei a fotografar, aquela área inteira foi determinante na minha formação artística”. Felipe conta que as saídas fotográficas tinham sempre as ruas do Varadouro como cenário. “Ao mesmo tempo em que fotografava nas aulas com Ricardo Peixoto, lia Políbio Alves e me apaixonava ainda mais pelo nascedouro da nossa capital”.

Centro Histórico

Foto: Kleide Teixeira

Outra fotógrafa que tem grande apreço pelo Centro de João Pessoa é Kleide Teixeira. Mesmo se voltando para um cartão postal da cidade, ela busca uma nova visão da cidade que ninguém tenha visto. “Gosto dessa foto porque ela é o avesso do cartão postal. A cidade vista do avesso. A gente precisa olhar para o lado escondido da cidade, o que não está à mostra e não se mostra facilmente”.

Foto: Rizemberg Felipe

Ainda no centro, mas se aproximando de onde a cidade nasceu, Rizembreg Felipe apresenta João Pessoa vista de cima. “Gosto dessa foto porque temos como ver a cidade do jeitinho que Deus vê”, contou Rizemberg. Dessa forma, ele conseguiu possibilitar essa visão diferenciada para quem mora e gosta da capital paraibana. “João Pessoa tem uma arquitetura que deixa alma livre pra que um fotógrafo possa transitar entre o moderno e o antigo em poucos passos em poucos minutos, por isso gosto tanto de fotografar aqui”, completou.

Jardim Botânico Benjamim Maranhão

Foto: Hadrien Raitani

Um dos lugares favoritos do fotógrafo Hadrien Raitani realizar seus ensaios é no Jardim Botânico Benjamim Maranhão. Segundo ele, o lugar possui diversas vantagens principalmente para quem não é fotógrafo. “Além de ser uma grande reserva ambiental protegida pelo Ibama, ela conta com muitas trilhas para que se possa conhecer todo o terreno”. Ele lembra também que o Jardim Botânico é um lugar seguro e favorável para passear com a família. “O lugar também é ótimo para realizar ensaios, claro”, disse.

* Sob supervisão de Aline Oliveira


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.