Cultura

Iphan quer tornar forró patrimônio

Iphan concedeu parecer favorável ao Registro das Matizes do Forró como Patrimônio Cultural do Brasil.




O bom e velho forró está em vias de se tornar oficialmente um patrimônio cultural genuinamente brasileiro. De acordo com a Secretaria de Comunicação Institucional do Estado da Paraíba (Secom-PB), a Câmara do Patrimônio Imaterial, vinculada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), concedeu parecer favorável ao Registro das Matizes do Forró como Patrimônio Cultural do Brasil.

A solicitação foi feita em junho de 2011 pela Associação Cultural Balaio do Nordeste, que deu entrada no pedido na Superintendência do Iphan na Paraíba. Assinaram a documentação a Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba (Secult-PB), a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e 423 representantes da sociedade civil, organizados em um abaixo-assinado. O registro do bem cultural já está em processo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.