Cultura

Funesc inaugura Memorial Burity

Memorial terá 20 mil livros da biblioteca particular de Burity, entre outros objetos.




Será inaugurado hoje no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, o Memorial Tarcísio Miranda Burity, sala em homenagem ao ex-governador e fundador da Funesc.

Com parte de um acervo pessoal doado pela família, o memorial, um pequeno complexo que funcionará na Biblioteca Pública Juarez da Gama Batista, começou a ser projetado em 2010 na gestão de Maurício Burity (filho do homenageado) à frente da Funesc.

Segundo Maurício, o projeto foi acatado com "zelo e atenção" pela atual presidente da Funesc, Lu Maia, que o leva a cabo em plena comemoração dos 30 anos de fundação do Espaço Cultural José Lins do Rego.

O memorial terá 20 mil livros da biblioteca particular de Burity, além de vinis, medalhas e placas que o ex-governador conquistou ao longo de sua trajetória como figura pública.

"A biblioteca é muito vasta, com edições em francês e alemão, exemplares que não gostaríamos que fossem misturados aos outros 150 mil de que dispõe a biblioteca da Funesc", explica Tarcísio Burity.

"Os livros eram tudo para o meu pai: tanto suas fontes de conhecimento quanto de lazer. Era um homem bastante letrado", lembra o filho que, em comum acordo com a mãe, a viúva Glauce Navarro Burity, decidiu doar o acervo para a preservação e consulta de pesquisadores.

"Na realidade, é um gesto da família como um todo. O acervo fica à disposição da comunidade, uma riqueza muito grande que estará em um espaço diferenciado e de fácil acesso", ressalta Maurício Burity.

Ocupante da cadeira 26 da Academia Paraibana de Letras de 1992 a 2003 (ano de sua morte), Tarcísio Burity escreveu livros na área da literatura, direito (na qual graduou-se pela UFPB) e sociologia (na qual obteve mestrado na França).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.