Cultura

Eduarda Brasil diz ter orgulho de levar forró para todo o país

Campeã do The Voice Kids, paraibana lançou EP na última sexta.




Cantora Eduarda Brasil (Foto: Divulgação)

Com seus 16 anos, a cantora Eduarda Brasil saiu da Zona Rural de São José de Piranhas, no Sertão paraibano e conquistou os brasileiros durante a edição 2018 do The Voice Kids. E na última sexta-feira (1º), a jovem lançou seu primeiro EP que leva como título seu próprio nome. “Acredito que faltava alguém que não tivesse vergonha de ser quem realmente é”, disse. Segundo ela, representar a Paraíba e levar o forró para todo o Brasil foi uma experiência única que envolveu coragem e amor pela sua cultural. “Quando você se entrega de corpo e alma você é respeitado por isso”, completou.

Intitulado ‘Eduarda Brasil’, o EP tem uma gravação com a cantora manauara Márcia Fellipe, que é o carro-chefe do álbum. “Eu convidei Mácia para gravar comigo porque sempre admirei o trabalho dela e fiquei muito feliz por ela ter aceitado de primeira”, contou. A música, “Amiga que Presta”, traz um ritmo diferente do que os brasileiros estavam acostumados. Ela, assim como o EP inteiro, apresenta um repertório de forró eletrônico (ou estilizado), com influência clara da sofrência sertaneja.

Essa nova faceta da jovem apareceu por uma certa liberdade que o EP trouxe a ela. “O programa [The Voice Kids] era mais família e eu queria defender minhas origens, minha cultura. No EP eu quis trazer algo novo e acredito que consegui”, explicou garantindo que nos shows ela vai tocar os dois estilos de forró para agradar ao máximo o seu público. Apesar de trazer um novo estilo, o EP traz o cover da hit da Banda Magníficos, “Verdadeiro Amor”. “Sempre fui apaixonada pelo forró das antigas, esse forró mais romântico e fiquei feliz de gravar esta música”. A versão de Eduarda está diferente da original, mais modernizada para combinar com o estilo do álbum.

Dois mundos

A jovem, ainda estudante do Ensino Médio, precisa dividir sua vida dupla e conciliar os estudo com shows e gravações. “Estou tentando separar essas duas ‘Eduardas’, a cantora e a estudante, e tem dado certo”, afirmou. Segundo ela, a produção tem o cuidado de marcar shows e compromissos apenas nos finais de semana. “É cansativo e bem corrido, mas, também, muito gratificante”. Ela acredita que a rotina vai ficar mais intensa agora nas férias, já que ela vai ter mais tempo livre para os compromissos artísticos. A vida dupla segue ela até no futuro. Eduarda pensa em cursar Matemática, porém, isso só será possível se a nova carreira permitir. “Tudo está fluindo bem até agora, então penso sim em seguir a carreira artística”.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.