Cultura

Centro Histórico de Taperoá é reconhecido como patrimônio cultural imaterial da Paraíba

Município é a cidade natal do escritor Ariano Suassuna





O Centro Histórico do município de Taperoá, no Cariri paraibano, foi reconhecido como patrimônio cultural imaterial da Paraíba. A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (10) e já está em vigor. O município é o ‘berço’ do escritor Ariano Suassuna, um dos maiores nomes da cultura da Paraíba.

A lei foi proposta pelo deputado estadual Bosco Carneiro (Cidadania). Ele levou em consideração na justificativa que o reconhecimento da cultura é importante para a formação da identidade de um povo.

Além disso, ressaltou que o Centro Histórico da cidade é composto por construções que identificam a história da Paraíba, como igrejas católicas, entre elas a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, prédios históricos, museu A Casa de Ariano, além de importantes praças.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.