Concursos e Empregos

Corpo de Bombeiros deve utilizar nota do Enem para o CFO-2017

Na seleção de 2016, o salário oferecido foi de R$ 2.194,54 – no primeiro ano de formação, e R$ 4.760,19, quando da conclusão do curso. 



 

O processo seletivo para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiro Militar com ingresso em 2017, do 

Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB), deverá utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. A prova, realizada pelo Ministério da Educação, está com inscrições abertas até 20 de maio e deve ser utilizada como etapa intelectual do CFO – que terá ainda outras fases (exames psicológicos, de saúde e de aptidão física). Essa parte complementar será executada pelo próprio CBMPB.

Por isso, conforme o presidente da comissão coordenadora geral do concurso, coronel Dênis Nery, além da inscrição no Enem, os candidatos farão, posteriormente, uma outra no âmbito do CBMPB. “O edital, contendo o prazo de inscrições e os pré-requisitos para seleção, ainda será lançado. Pedimos que os candidatos fiquem atentos às publicações que serão feitas em nosso site ”, destacou.

No entanto, os interessados já podem se basear nos critérios dos editais anteriores, que também estão disponíveis no site da corporação, na aba concursos públicos. Com relação à carreira, o ingresso no Curso de Formação de Oficiais Bombeiro Militar (CFO-BM) se dá na graduação de praça especial, como cadete, e ao termino, com aproveitamento, o concluinte é declarado aspirante-à-Oficial Bombeiro Militar. Desde o primeiro ano de formação, o aluno cadete já recebe uma remuneração, a ser definida em edital.

Na seleção de 2016, o salário oferecido foi de R$ 2.194,54 – no primeiro ano de formação, e R$ 4.760,19, quando da conclusão do curso. Após um período de estágio probatório de no mínimo seis meses, o bombeiro é promovido ao posto de 2º tenente (com incremento na remuneração), ingressando no Quadro de Oficiais Combatentes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Paraíba.