Concursos e Empregos

Especialista alerta para excessos durante confraternizações do trabalho

Consultor destaca que participar desse momento é importante na vida profissional, mas é preciso atenção para evitar vexames.



O fim de ano chegou e com ele as confraternizações de amigos e também das empresas. Oportunidades para deixar o estresse do dia a dia de lado e de interagir e estreitar laços com colegas de trabalho, a presença nessas confraternizações pode ser importante, sendo considerada por especialistas em networking como uma extensão do trabalho e uma porta de oportunidades, mesmo sendo um momento de celebração. Por esse motivo, é importante estar atento para não cometer excessos que possam comprometer o futuro profissional dentro da empresa.

A confraternização pode ser considerada como o momento em que a empresa agradece a seus colaboradores, estreita a parceria, comemora as conquistas e conclui mais um ano de trabalho com um encontro descontraído.

De acordo com o consultor em recursos humanos e diretor executivo da BAZZ Estratégia e Operação de RH, Celso Bazzola, esses momentos também são grandes canais de relacionamentos, pois há uma aproximação de todos, independente dos níveis hierárquicos. “Portanto, estar presente nesses eventos torna-se importante e elegante, pois demonstra interesse pelas realizações da empresa”, destacou.

Apesar de ser importante estar presente nessas ocasiões, é necessário evitar excessos que possam levar a situações não comuns ou vexatórias, causando transtornos futuros para a imagem da pessoa perante os colegas de trabalho.

Conselhos do especialista Celso Bazzola para evitar excessos nas confraternizações de fim de ano:
1. Aceite o convite da empresa e participe da confraternização, pois isto poderá ajudar a criar um ambiente de relacionamento saudável;
2. Não sendo possível comparecer, agradeça e informe o motivo pelo qual não poderá estar presente;
3. Chegue no horário para que possa ter tempo de cumprimentar a todos, lembre-se não se trata de uma balada;
4. Não exagere em bebidas alcoólicas durante a festa, beba com responsabilidade e não dirija após o término da festa;
5. Crie um ambiente de igualdade e procure se relacionar com todos os presentes, misture-se e evite grupinhos;
6. Use roupas discretas e condizentes com o ambiente, procure utilizar roupas alegres respeitando seu visual. As mulheres devem evitar roupas curtas ou com decotes e aos homens camisas abertas ou fora do padrão local;
7. Seja cordial com os presentes independente se não tiver contato próximo e buscar falar de temas neutros que não prejudiquem a imagem da empresa ou das pessoas;
8. Caso perceba que algum colega esteja exagerando, ajude-o retirando de forma sutil da situação e desviando a atenção para outros temas ou postura;
9. Sugiro não ser o último a sair da festa, não é uma regra, mas evita exageros;
10. Evite sair junto com os superiores, para que não passe a impressão que estava na festa apenas por causa dos mesmos.