Concursos e Empregos

Edital de concurso da UFPB deve ser lançado no dia 5 de agosto

As provas devem ser aplicadas no período mínimo de dois meses após a divulgação do edital. Previsão é de que todo o processo seja realizado ainda este ano.



A elaboração do edital do concurso público da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está em fase conclusiva e a divulgação está prevista para a próxima quarta-feira, dia 5, aniversário de João Pessoa. O anúncio foi feito na manhã de ontem pela assessoria de comunicação da empresa organizadora do certame, o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural Assistencial (Idecan). As provas devem ser aplicadas no período mínimo de dois meses após a divulgação do edital. O contrato entre as partes foi assinado nesta semana.

A previsão da UFPB é de que todo o processo do concurso seja realizado ainda este ano, bem como a convocação dos aprovados.

De acordo com a pró-reitoria de Gestão de Pessoas da UFPB, o certame deverá oferecer mais de 150 vagas, número superior ao que a reitoria havia anunciado em março deste ano, quando afirmou que seriam 140 vagas. As vacâncias serão distribuídas em todos os campi da UFPB, como João Pessoa, Areia, Bananeiras e Litoral Norte do Estado. Conforme o setor, as vagas devem ser distribuídas em cargos de nível médio e superior e a contratação deve ser imediata.

O último concurso realizado pela UFPB para técnico-administrativo ocorreu em 2012 e ofereceu 149 vagas. À época, o maior número de inscritos foi para o cargo de Assistente em Administração (nível médio) com 52 vagas no campus de João Pessoa, com 14.319 inscritos, totalizando 275,37 candidatos para cada vaga. Já o cargo de Auxiliar em Biblioteconomia (nível fundamental) foi o que registrou a maior concorrência, com 828 inscritos para uma única vaga.

Conforme o edital de 2012, a remuneração dos candidatos classificados variava de R$ 1.473,58 até R$ 2.989,33, acrescido dos incentivos previstos na lei nº. 11.091/2005 e das demais vantagens pecuniárias estabelecidas na norma.

A assessoria de comunicação do Idecan adiantou que os conteúdos das provas são definidos de acordo com as necessidades que as atribuições de cada cargo apresentam e passam rigorosamente pela aprovação do contratante, neste caso, UFPB. Além disso, informou que o instituto possui uma banca própria, formada por professores de toda parte do país preparados para a elaboração de questões pedagogicamente adequadas a cada processo de seleção que executa e suas peculiaridades.

A organizadora garantiu fidelidade ao conteúdo programático proposto em edital, mantendo os padrões empregados a concursos de níveis regionais com tipos variados de questões, com pesos de dificuldade que variam entre fácil, médio e difícil, atentando-se às atribuições específicas de cada cargo e do órgão contratante.

DICAS

O Idecan orientou que os candidatos fiquem atentos ao conteúdo programático e busquem se familiarizar com o estilo de provas aplicadas pela banca do instituto, que são disponibilizadas em seu endereço eletrônico, principalmente nas disciplinas básicas, como português e atualidades, além de terem conhecimento das atribuições do cargo que almejam e busquem estudar disciplinas especificas que norteiam as atividades previstas nestas atribuições.