Concursos e Empregos

Polícia Civil do CE faz seleção com 763 vagas

Serão 168 vagas para o cargo de delegado, 336 para escrivão e 259 para inspetor.



O Governo do Estado do Ceará divulgou edital de concurso público que vai ofertar 763 novas vagas para a Polícia Civil do Estado. As inscrições serão realizadas entre 6 de outubro e 7 de novembro. Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), ao todo serão 168 vagas para o cargo de delegado, 336 para escrivão e 259 para inspetor. Para portadores de deficiência física, serão nove vagas para delegado, 17 para escrivão e 13 para inspetor.

Os salários variam de R$ 2.946,19 (para escrivães e inspetores) a R$ 14.592,39 (delegados). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais para as três funções.

Para todos os cargos é exigido nível superior, sendo que para delegado é preciso ser graduado em Direito. Para inspetor e escrivão, a exigência é de nível superior em qualquer área e não de bacharelado, como consta no edital. De acordo com a assessoria jurídica da corporação, houve um erro de digitação, e uma retificação será divulgada, informando que basta ter nível superior para concorrer às funções de inspetor e escrivão.

As inscrições serão realizadas no site da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp), entre as 10h de 6 de outubro e as 16h do dia 7 de novembro. Para se inscrever, o candidato deve acessar o site da organizadora e preencher a ficha cadastral com todos os seus dados. Após gerar o boleto bancário, o candidato deve pagar a taxa de inscrição, que custa R$85 (escrivão ou inspetor) ou R$150 (delegado).

A seleção para o cargo de delegado será feita através de duas etapas: a primeira corresponde a provas objetivas e discursivas, ambas de caráter classificatório e eliminatório; já a segunda etapa compreenderá um curso de formação e treinamento profissional, uma investigação social, exame de capacidade física, avaliação psicológica e avaliação de títulos.

Quem vai concorrer às vagas de inspetor e de escrivão realizará somente uma prova objetiva na primeira fase e não haverá avaliação de títulos na segunda etapa. Inscritos para as oportunidades de escrivão farão uma prova prática de digitação. Posteriormente, os habilitados nos três cargos ainda farão um exame toxicológico e uma avaliação médica. As convocações para as fases seguintes serão disponibilizadas no site da organizadora em datas posteriormente divulgadas.