Ciência e Tecnologia

Paraíba lidera ranking regional de registro de patentes

No ranking nacional, o estado ficou na 7ª colocação; UFCG é responsável por quase 50% dos registros.




Paraíba lidera ranking regional de registros de patentes

A Paraíba é destaque entre os estados com mais pedidos de patentes registrados no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). De acordo com a instituição, os dados preliminares apurados durante todo o ano de 2018, revelam que ninguém supera os paraibanos. Já em nível nacional, o estado está na sétima colocação, com 232 patentes oficializadas.

Em 2015, o estado registrava apenas 53 pedidos de patentes. Segundo o instituto, isso representa, com os dados atuais, um crescimento de mais de 300%. É o maior do país. A segunda unidade federativa que mais cresceu nesse aspecto foi o Ceará, com uma variação de pouco mais de 30%.

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) registrou 123 patentes em 2018, o que representa quase 50% do número alcançado pela Paraíba. “Esses números refletem o trabalho dos nossos pesquisadores e praticantes da indústria paraibana. Aqui temos um potencial imenso em termos de ciência, tecnologia e inovação”, comentou o coordenador do Núcleo de Inovação e Transferência Tecnológica (NITT), Nilton Silva.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.